Problema para o Bitcoin na terra da Rainha

Eles querem te sedar!

Siga no
Bitcoin em Londres - Capital da Inglaterra e Reino Unido
Bitcoin em Londres

Um problema se aproxima na terra da rainha, e não é o Brexit e nem a saída do Príncipe Harry. O Reino Unido está pagando cerca de R$ 544 mil em um contrato para quem desenvolver um software que consiga rastrear transações de Bitcoin e altcoins.

Além disso, o software deverá tentar rastrear transações de criptomoedas privadas, como Monero, Dash e Zcash. O contrato foi publicado no último 17 pelo governo do país.

Quem tiver interesse em desenvolver a ferramenta deverá enviar sua criação para a Receita e Alfândega de Sua Majestade (HMRC). Este é o órgão responsável por coletar impostos no país, ou seja, a medida visa identificar os traders de criptomoedas para apurar supostas sonegações.

Em outro ponto, o software deverá fornecer relatórios sobre as redes de criptomoedas. Os desenvolvedores deverão, por fim, treinar a equipe da Receita Federal do Reino Unido a operar o software. A equipe deverá comprovar a habilidade para construir tal ferramenta, inclusive tendo “pessoas relevantes” no projeto.

Reino Unido pagando mais que R$ 544 mil por software que rastreia Bitcoin

O Bitcoin é uma moeda que nasceu em 2009 defendendo ideias de liberdade para transações, uma forma de escapar do dinheiro emitido por bancos centrais. Aliado a isso, o Bitcoin trouxe um inovador sistema de transações privadas, que podem realizar operações até entre países sem a necessidade de identificação.

Claro que neste ponto, por ser um dinheiro em alguns países, investimento em outros, o Bitcoin passou a ser alvo de governantes. Estes certamente querem tributar as transações com criptomoedas a todo custo, mesmo aquelas que buscam maior privacidade.

Cabe o destaque que, o Bitcoin, para ser utilizado com maior privacidade precisa que os usuários utilizem a rede com muita cautela. Algumas medidas para garantir maior privacidade são a troca constante de endereços e a utilização de mixers, por exemplo.

Mesmo assim, pode ser difícil associar um endereço de Bitcoin a uma pessoa e tributar a mesma. É justamente neste ponto que o governo do Reino Unido quer atacar, visto que a receita local quer um software que rastreia transações em Bitcoin e outras criptomoedas.

Contrato é interessante e pode ter participação de empresas

O governo do Reino Unido lançou na última sexta (17) um contrato de prestação de serviço. Quem tiver interesse deverá aplicar ao mesmo até no máximo dia 31 de janeiro, sendo remunerado em 100 mil euros.

Os escolhidos serão informados até o dia 17 de fevereiro, com um contrato de duração de um ano. Dessa forma o governo espera certamente contar com um software potente, que rastreia transações de várias criptomoedas.

Não só de Bitcoin, cabe o destaque, mas também Ethereum, Ethereum Classic, Ripple, Tether, Bitcoin Cash e outras mais. Ou seja, o software deverá ter um olhar crítico sobre várias blockchains diferentes, de modo a buscar os donos dos endereços. O software foi chamado no contrato de “Ferramentas de Análises Blockchain sobre Criptomoedas”.

Requisito preferível – planeja desenvolver recursos para Monero, Zcash, Dash

Cabe o destaque que os requisitos também contemplam análise global das redes, que deverá ser desenvolvido por pessoas ou empresas. Empresas VCSEs não poderão participar do contrato.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
ichael Saylor, Paul Tudor Jones II, Stanley Druckenmiller

Institucionais no Bitcoin, quem são? Por que compraram?

Nos últimos meses, pipocou na mídia o nome de diversos gestores e firmas de investimento institucionais que embarcaram no Bitcoin. Mas afinal, quem são...

Em Portugal, caso Telexfree termina sem culpados: “vítimas sabiam que era esquema”

A Telexfree foi uma das maiores pirâmides do Brasil, causando um prejuízo estimado na casa dos bilhões em cerca de 2 milhões de clientes....
André R Jakurski. Imagem: Youtube

“Bitcoin não tem valor intrínseco”, diz André Jakurski, co-fundador do Pactual

André Jakurski, um dos fundadores do Banco BTG Pactual participou de uma live no Youtube na última quarta-feira (13) e ao ser questionado sobre...

Cotações por TradingView

Últimas notícias

Em Portugal, caso Telexfree termina sem culpados: “vítimas sabiam que era esquema”

A Telexfree foi uma das maiores pirâmides do Brasil, causando um prejuízo estimado na casa dos bilhões em cerca de 2 milhões de clientes....

“Bitcoin não tem valor intrínseco”, diz André Jakurski, co-fundador do Pactual

André Jakurski, um dos fundadores do Banco BTG Pactual participou de uma live no Youtube na última quarta-feira (13) e ao ser questionado sobre...

Youtuber de Free Fire chora após ter canal hackeado: “Era tudo que eu tinha”

Os hackers que roubam canais do YouTube para aplicar golpes de criptomoeda acabaram de fazer mais uma vítima. Dessa vez foi o famoso streamer...

Elon Musk concorda que Bitcoin é boa reserva de valor

O Bitcoin segue sendo reconhecido cada vez mais por autoridades do mundo como uma tecnologia de confiança. Nesta sexta-feira (15), Elon Musk concordou que...

Falha em GPUs da Nvidia afeta mineradores de criptomoedas

A famosa fabricante de placas gráficas, Nvidia, alertou para uma grave falha no software dos equipamentos. Desse modo, todas as pessoas que usam as...