Ricos ficando mais ricos: Aumenta o número de pessoas com mais 1 mil Bitcoin no bolso

Crescimento do número de milionários que investem na criptomoeda acompanha escala global do mercado financeiro.

Siga no

O número de investidores com mais de 1 mil bitcoins aumentou de forma preocupante em 2019. De acordo com um relatório publicado pelo Glassnode, existem mais de 12 mil milionários que possuem fortunas de quase R$ 35 milhões em Bitcoin. Esse Número revela um acúmulo cada vez mais concentrado da criptomoeda em poucos endereços.

“O rico está ficando cada vez mais rico” no mercado de criptomoedas. Aumentou de forma impressionante o número de milionários que possuem 1 mil (BTC) em conta. Esse dado mostra que a concentração da criptomoeda está aumentando de forma a acompanhar a tendência do Brasil.

1 milhão de Bitcoins nas mãos de dez pessoas

A pesquisa revela que existem 12.252 endereços de Bitcoin com mais de mil unidades da criptomoeda. Sendo assim, cada um desses endereços possui, pelo menos, cerca de R$ 35 milhões em Bitcoin.

O crescimento desse número ainda revela um paralelo com o aumento de milionários no Brasil. Somente em 2018, 14 mil novos cidadãos alcançaram o patrimônio de US$ 1 milhão no país. Esse número demonstra um crescimento de 8% de milionários naquele ano.

Existem milhares de endereços de Bitcoin que podem referenciar inúmeras transações da Criptomoeda. Porém, nenhum deles podem ser comparados a 10 específicos endereços apontados pela pesquisa. Esses endereços correspondem as maiores quantidades armazenadas de Bitcoin atualmente no mercado.

Segundo os dados, os 10 maiores endereços de Bitcoin correspondem a 5,6% da oferta total da criptomoeda no mercado. Ou seja, mais de um milhão de bitcoins estão armazenados em apenas 10 endereços, que supostamente  pertenceriam a investidores.

O acúmulo de bitcoins na mão de poucas pessoas desvela-se de forma mais preocupante entre os endereços com maiores quantidades da criptomoeda. A análise mostra ainda que os 100 maiores endereços de Bitcoin possuem mais 2,6 milhões de unidades de BTC. Esse impressionante número corresponde a cerca de 15% de toda a oferta atual de Bitcoin que existe no mercado.

A concentração do Bitcoin nas mãos de poucos investidores  continua a ser cada vez maior entre os endereços com mais quantidade da criptomoeda. No caso dos mil maiores endereços, o acúmulo de Bitcoin corresponde a 34,3% de toda a oferta da criptomoeda no mercado. Dessa forma, mais de 6 milhões de (BTC) encontram-se armazenados em apenas mil endereços.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Paulo Carvalho
Jornalista em trânsito, escritor por acidente e apaixonado por criptomoedas. Entusiasta do mercado, ouviu falar em Bitcoin em 2013, mas era que nem caviar, "nunca vi, nem comi, só ouço falar".
Casa a venda por Bitcoin negócio imobiliário

Bitcoin vira garantia em negócio para crédito imobiliário pela primeira vez

Ao tentar obter um crédito imobiliário um credor de uma negociação comprovou ter Bitcoin e conseguiu ter seu financiamento aprovado. Muitas pessoas quando vão ao...
Abilio Diniz, empresário e bilionário brasileiro

O3 Capital, que tem Abílio Diniz como sócio, investe em ETF de criptomoedas

Uma empresa que tem Abilio Diniz como conselheiro investiu em criptomoedas via ETF listado na bolsa de valores brasileira. A aquisição foi feita pela...
Pessoa guardando Bitcoin em carteira

Regulação fechando o cerco contra corretoras faz investidores sacarem US$ 2,5 bi em bitcoin...

Após a crescente pressão de regulamentação sobre corretoras do mercado de criptomoedas, investidores de Bitcoin seguem enviando seus saldos para carteiras seguras. A análise foi...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias