Ripple fecha parceria com Banco Itaú e mais 4 bancos

Siga no
Itaú Ripple Bitcoin Criptomoedas
Banco Itaú

Ripple, a solução empresarial de blockchain para pagamentos globais, está realmente focada em se tornar um sucesso. Ela adicionou 100 instituições financeiras internacionais à RippleNet recentemente, incluindo dois bancos – Itaú Unibanco (Brasil) e IndusInd (Índia) – e três provedores de remessas – InstaReM (Cingapura), Beetech (Brasil) e Zip Remit (Canadá), tudo isso para facilitar os pagamentos tanto dentro e fora de mercados globais.

Em 2016, o banco Itaú, foi classificado com o terceiro maior banco do Brasil, com uma movimentação de 1.2 trilhões. Essa parceria é realmente uma grande conquista para a criptomoeda e seus investidores.

Com essa parceria, a RippleNet pode fornecer acesso imediato a mercados emergentes, como Índia, Brasil e China (através de um recente anúncio com a Lianlian ).

Ripple e Itau

Os mercados emergentes são o lar de 85% da população global e quase 90% das pessoas com menos de 30 anos residem nesses mercados. Dada a demografia, esses países são alguns dos maiores mercados de remessas do mundo. Somente em 2017:

  • Índia, onde a IndusInd está localizada, viu um movimento total de US $ 65 bilhões no país.
  • A China, onde o Zip Remit e a Beetech têm interesse em atuar, viram US $ 61 bilhões de movimentação.
  • Brasil, onde tanto o Itaú Unibanco quanto o Beetech estão localizados, foram movimentados mais de  US $ 600 milhões em transferência de dinheiro para os Estados Unidos.

Quando as instituições financeiras adotam a tecnologia blockchain para pagamentos, ela reduz os custos e os tempos de transferência para seus clientes, o que é crucial nos países em desenvolvimento onde a flexibilidade financeira é limitada. Ao ingressar na RippleNet, as instituições financeiras podem comunicar informações sobre um pagamento entre si e liquidar os pagamentos imediatamente.

O InstaReM, que processa mais de 500 mil transações por ano, está focado em conectar empresas e indivíduos da Austrália, Canadá, Hong Kong, Cingapura e Índia a mais de 60 países em todo o mundo – muitos deles são países em desenvolvimento no Sudeste Asiático.

Conforme falamos neste artigo, o Banco Santander já está iniciando transferências com a Ripple.

“O problema dos pagamentos é um problema global, mas seu impacto negativo afeta desproporcionalmente os mercados emergentes”, disse Griffin. ” Se um professor nos EUA quer enviar dinheiro para sua família no Brasil ou um pequeno empresário na Índia tentando mover dinheiro para abrir uma segunda loja em outro país, é imperativo conectar as instituições financeiras do mundo a um sistema de pagamentos que funciona para seus clientes, não contra eles “. Patrick Griffin.

Ripple continua crescendo, é bom ficar de olho nela.

FONTE: Business Wire

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org
Hacker e Bitcoin

Protocolo DeFi sofre ataque hacker e perde R$720 milhões

O protocolo de finanças descentralizadas Cream Finance sofreu um ataque que drenou 720 milhões de reais em tokens através de um ataque que utilizou...
Foto da Fachada da Prefeitura de Niterói

Niterói observa tecnologia blockchain, prestes a criar moeda digital

A cidade de Niterói é uma das que observa o potencial da tecnologia blockchain de perto, período em que também avalia criar uma moeda...

Shiba Inu ultrapassa Dogecoin em valor total de mercado

Conforme a queda do Bitcoin arrastou a maioria das criptomoedas alternativas para baixo, isso fez a Dogecoin cair mais de 8% nas últimas 24...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias