“Jesus do Bitcoin” é solto da prisão após pagar fiança de quase R$ 1 milhão

Sua prisão na Espanha é mais um capítulo nessa história. No momento, os EUA buscam a sua extradição para que ele responda ao processo em sua terra natal. Segundo os documentos, a soma em disputa é de US$ 48 milhões.

Roger Ver, um dos primeiros evangelistas do Bitcoin no mundo, foi liberado da cadeia após o pagamento de fiança no valor de 150 mil euros (R$ 855.000). Conhecido como “Jesus do Bitcoin”, Ver foi preso no final de abril na Espanha a pedido da justiça americana por evasão fiscal e outras acusações.

Segundo informações da Bloomberg Law, uma das condições para sua soltura seria a permanência do investidor no país e a entrega de seu passaporte.

Nascido nos EUA, Ver renunciou sua cidadania americana há 10 anos. Segundo o Departamento de Justiça americano, a decisão foi tomada para ele não pagar impostos sobre suas criptomoedas.

Embora não se saiba quantos bitcoins Ver possui, vale lembrar que ele foi um dos primeiros investidores de BTC, mas também de empresas do setor, incluindo o BitPay, Kraken, Ripple, Blockchain.com e, claro, o site Bitcoin.com.

Segundo fontes da internet, sua fortuna está avaliada entre 430 a 520 milhões de dólares. Já a Justiça dos EUA fala em valores de 131.000 bitcoins, avaliados em US$ 114 milhões em 2014, mas em US$ 9,3 bilhões atualmente.

Jesus do Bitcoin é liberado sobre fiança

Figura polêmica, Roger Ver recebeu o apelido de Jesus do Bitcoin pelo seu grande envolvimento com o projeto nos primeiros anos, mas, anos depois, passou a ser tratado como um Judas ao afirmar que o Bitcoin Cash (BCH) era o verdadeiro Bitcoin.

Mais recentemente, o investidor lançou até mesmo um livro sobre essa separação da comunidade, requentando a discussão.

Sua prisão na Espanha é mais um capítulo nessa história. No momento, os EUA buscam a sua extradição para que ele responda ao processo em sua terra natal. Segundo os documentos, a soma em disputa é de US$ 48 milhões.

“[Roger Ver] não é um fugitivo de forma alguma, pois está em contato com as autoridades dos EUA através de seus advogados californianos”, disse seu advogado Jaime Campaner, em texto compartilhado pela Bloomberg. “Portanto, ele estava ciente da investigação e, na minha opinião, sua prisão não fez sentido.”

O processo nota que Ver tornou-se um cidadão de São Cristóvão e Névis, um pequeno país no Caribe, logo após renunciar à sua cidadania americana.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de criptomoedas do mercado ganhe até 100 USDT em cashback. Cadastre-se

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Últimas notícias