Início Altcoins Ross Ulbricht enviou carta para Roger Ver da prisão

Ross Ulbricht enviou carta para Roger Ver da prisão

Dread Pirates Roberts? #freeross

Um dos famosos libertários defensores do Bitcoin, Ross Ulbricht enviou carta para Roger Ver. Entretanto, Ross ainda se encontra preso como terrorista nos EUA, acusado de ser dono do antigo website Silk Road.

Isso porque o Silk Road foi um dos maiores mercados onde o BTC atuou como moeda oficial. Com a prisão de Ross em 2013, o governo intimou o ativista da liberdade como terrorista.

Roos Ulbricht envia carta para Roger Ver contando sobre sua vida na prisão

Roger Ver, que é conhecido na comunidade mundial de criptomoedas como Bitcoin Jesus, também se assume como libertário. Nesse sentido, a visão é de um mundo sem estados e livre para a população, que é um dos pontos-chave desse pensamento. Além disso, Ver é o atual fundador e CEO do projeto Bitcoin Cash (BCH), um dos maiores hardforks do Bitcoin (BTC).

Ross Ulbricht foi preso pela acusação de ser o dono do Silk Road, um website que atuava na Deep Web. Além disso, o local era um grande comércio e vendia produtos por BTC. Como o mercado era “livre”, circulava por lá qualquer produto de interesse das pessoas, como armas e drogas ilegais. Esse inclusive foi um dos pretextos para fechar o site e prender Ross.

Para quem acredita e defende a liberdade individual, isso não deveria ser um problema. Entretanto, em 2013 o FBI rastreou e prendeu Ross, mostrando que o estado está de olho em possíveis movimentos libertários pelo mundo.

Vida na prisão não está sendo fácil

Na carta que foi enviada, Ross colocou uma nota para que Ver ficasse livre para compartilhar o conteúdo. A carta, que foi enviada em 15 de abril de uma penitenciária dos EUA, só chegou a Ver no início de maio de 2019.

Certamente que Ross espera sair da prisão, mas deixa claro que sua vida por lá é um pesadelo. É claro que a situação para livre é muito delicada, devido aos EUA ter o condenado a prisão perpétua.

Na campanha pela liberdade de Ross, várias pessoas se uniram com a hashtag #freeross nas redes sociais.  Um usuário do Twitter deu uma ideia de pagar pela liberdade do ativista, assim que se tornar rico com criptomoedas. Isso porque o Bitcoin teve grande destaque na mídia com todo este caso, fazendo com que seu valor aumentasse muito nos últimos anos.