Rumor: Rússia se prepara para lançar criptomoeda lastreada em ouro

Siga no
Barra de Ouro
Barra de Ouro

A Rússia está comprado toneladas de ouro há meses, rumores afirmam que o banco central russo está comprando mais ouro do que as minas russas conseguem produzir pela primeira vez. Eles podem começar a importar ouro da China, disse a Bloomberg.

As reservas de dólares da Rússia caíram de 46% em meados de 2017 para 22% agora. Muito foi substituído por ouro, que agora representa 20% de suas reservas.

Existe muita especulação sobre a razão pela qual eles estão comprando tanto ouro, com o ex-ministro de Portuglal, Bruno Maçães, afirmando:

“O aumento do interesse pelas moedas digitais apoiadas pelo ouro levantou a questão de saber se uma das muitas experiências que estão sendo lançadas pode aspirar a se tornar uma moeda líder globalmente.”

Somente um país soberano poderia acumular as quantidades de ouro necessárias. Isso significa que a Rússia está considerando a ideia? Venezuela e Irã já fizeram algumas tentativas.

Há rumores de que as autoridades russas estão interessadas em levar os planos a um novo patamar, talvez com a China e outros parceiros.

O esquema vai funcionar da seguinte forma: O dinheiro circularia na forma de entradas em blockchain fornecidas por uma plataforma global e seria inteiramente respaldada por reservas de ouro mantidas em um fundo internacional, isolando-as da interferência do Estado.

Diferentes instituições financeiras privadas seriam responsáveis ​​pelas operações de emissão e, portanto, pelo controle final sobre a oferta monetária. As transações monetárias seriam processadas diretamente entre os usuários finais, sem intermediação de bancos ou governos”.

Sabe-se que tanto o Irã quanto a Venezuela consultaram Moscou a respeito de seus planos em criptomoedas apoiados por ativos.

A Petro, da Venezuela já fracassou porque não conseguiu uma blockchain pública aberta de primeira classe, enquanto o que o Irã está fazendo permanece nebuloso.

O Irã também teve conversas com várias nações européias, bem como com a Rússia, para lançar uma moeda estável.

Uma criptomoeda apoiada pelo ouro faria sentido para Rússia, pelo menos como um backup, caso eles fossem cortados do comércio internacional.

A maneira como isso funcionaria é bem simples. Você designa 1 token a 1 grama de ouro, quem quiser comprar ouro recebe o token, e o ouro talvez seja detido pelo Banco de Compensações Internacionais (BIS) com bancos intermediários, lidando com o resgate e a criação.

O objetivo de passar por esses intermediários seria que a criptomoeda tivesse um valor estável.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org
Glaidson dos Santos em pronunciamento feito pela Gas Consultoria antes de Operação da PF Faraó dos Bitcoins

Justiça bloqueia mais de meio milhão do “Faraó dos Bitcoins” em apenas quatro horas

A justiça brasileira determinou o bloqueio de mais de meio milhão de reais das contas do Faraó dos Bitcoins em menos de quatro horas. Essa...
Homem com algemas segurando Bitcoin criptomoedas sequestro prisão

Polícia desarticula quadrilha que iria sequestrar investidor de criptomoedas em Campinas

A polícia militar de São Paulo, por meio de seu Batalhão de Ações Especiais (BAEP), ajudou o Gaeco a desarticular uma quadrilha que planejava...
Imagem de enterro do Bitcoin após morte

Quantas vezes o Bitcoin morreu? 37 só este ano

Segundo estatísticas do site 99Bitcoins, o Bitcoin já foi declarado "morto" 37 vezes apenas em 2021, quase três vezes mais do que todo o...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias