Sequestrador pede R$ 11 milhões em Bitcoin para liberar criança de 8 anos

Para a polícia, a suspeita é que o acusado principal acreditava que o pai da criança possuía bitcoins e com a recente alta, ficou tentado a extorquir o comerciante.

Siga no

Um grupo de sequestradores exigiu 100 bitcoins de uma família para liberar um garoto de 8 anos de idade. De acordo com informações da NDTV, o caso aconteceu na Índia. A polícia informou que o menino foi raptado durante uma caminhada com o seu avô no dia 17 de dezembro, após uma queixa ter sido prestada, uma investigação levou à prisão de alguns dos envolvidos.

O menino foi localizado em um vilarejo que ficava a 54 km de sua família, disse a polícia. O caso ganhou muita atenção na Índia devido ao pedido de resgate alto e em Bitcoin.
A polícia disse que por volta das 5h da manhã de sábado (19), após ter certeza que os sequestradores estavam dormindo, a equipe policial invadiu a casa e resgatou o menino das garras dos criminosos.

“A criança foi sequestrada enquanto caminhava com o seu avô. O pai da criança é um comerciante local e o avô é aposentado.

A criança foi resgatada no distrito de Kolar, no dia 19 de dezembro, seis acusados foram presos. O principal acusado ainda está foragido”, informou o Superintende de Polícia de Dakshina Kannada, Laxmiprasad.

Ainda de acordo com a polícia, o principal acusado pode ser um ex-parceiro financeiro do pai do garoto.

garoto sequestrado na India e pedido de resgate de 100 bitcoins
garoto sequestrado na India e pedido de resgate de 100 bitcoins

Alta do Bitcoin pode ter motivado o crime

Segundo as informações o pedido inicial de resgate foi de US $ 2.3 milhões, ao todo a quantia representava 100 BTC. Quando a família contatou a polícia, os criminosos diminuíram o valor do resgate para 60 BTC, mas fizeram muitas ameaças a família por terem envolvido a polícia no caso.

No entanto, quando enviaram o segundo pedido de resgate, a polícia conseguiu rastrear o local dos sequestradores que estavam próximos de onde o sequestro aconteceu.

O mais curioso é que o sequestro parece ter sido motivado pela recente alta que o Bitcoin apresentou, batendo recordes recentes de preço.

“Os sequestradores vigiaram a movimentação da família por um bom tempo e eles cultivaram alguns amigos no processo.

Para a polícia, a suspeita é que o acusado principal acreditava que o pai de Anubhav possuía bitcoins e com a recente alta, ficou tentado a extorquir o comerciante.

“Suspeitamos de que ele acreditava que o pai da criança tinha Bitcoins. Como o Bitcoin subiu recentemente, o acusado fez o pedido de resgate em Bitcoins”, acrescentou o superintendente.

Esse é um sinal de que, como qualquer outra forma de dinheiro, o aumento na valorização do Bitcoin atraí não apenas os bem intencionados.

Vale ressaltar que isso não quer dizer que o Bitcoin é uma moeda que facilita o uso por criminosos, afinal, sequestros com pedidos em Dólar, Real e qualquer outra moeda fiduciária sempre foram comuns.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

“Bitcoin é uma grande bolha”, diz pesquisa do Bank of America

Apesar de muitos entusiastas de criptomoedas argumentarem que o Bitcoin já provou, além de qualquer dúvida razoável, que não é uma bolha, muitos gestores...

Binance anuncia listagem de ações da Coinbase

A Coinbase, a maior corretora de criptomoedas dos EUA, vai se tornar uma empresa de capital aberto nesta quarta-feira (14), sendo listada na Nasdaq,...

Com IPO da Coinbase, Bitcoin bate novo recorde e supera R$ 375 mil

O preço da criptomoeda mais famosa do mundo bateu um novo recorde na manhã desta quarta-feira (14). Enquanto o mundo aguardava a primeira IPO...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias