Serviço secreto de Israel vai contratar especialista em criptomoedas

É necessário que o líder tenha um conhecimento aprofundado em Fintech também.

Siga no
MOSSAD Serviço Secreto de Israel
MOSSAD Serviço Secreto de Israel

A MOSSAD, o serviço secreto de Israel, está contratando um especialista em criptomoedas para suas operações. É fundamental que o candidato tenha conhecimento e experiência na área.

O mercado de criptomoedas permite que qualquer pessoa do mundo envie e receba recursos por redes descentralizadas. Contudo, para o Grupo de Ação Financeira contra a Lavagem de Dinheiro e o Financiamento do Terrorismo (GAFI/FATF), esse modo de transacionar recursos fortalece o financiamento ao terrorismo, apesar de estudos da área não concluírem essa alegação.

De qualquer forma, nos últimos meses, Israel voltou a ter problemas com o Hamas, grupo terrorista da Palestina, onde se suspeita que eles tenham até recebido doações em criptomoedas. Não está claro se a nova vaga publicada pela MOSSAD tem alguma relação com isso, visto que o grupo palestino é considerado terrorista pelo país hebreu.

Serviço secreto de Israel publica vaga para especialista em criptomoedas

Na página de empregos da MOSSAD há várias vagas publicadas de emprego nos últimos dias, para desenvolvedor full-stack, programador de big data, desenvolvedor dev-ops, entre outras mais.

Mas uma vaga que chamou atenção da comunidade de criptomoedas foi para “Líder Tecnológico na Área de Fintech”. As fintechs são startups de base tecnológica, que pretendem criar inovações para o mercado financeiro e facilitar o acesso de pessoas a este.

De fato, é comum que algumas fintechs do mundo utilizem a blockchain ou até criptomoedas para facilitar suas transações.

Mas a MOSSAD espera que este líder fintech tenha conhecimentos profundos em criptomoedas para desenvolvimento de sistemas, conforme descrição da vaga.

“Um líder em conhecimento tecnológico no mundo de fintech e moedas digitais é necessário para uma posição que inclua liderança, iniciação, planejamento e acompanhamento de atividades de desenvolvimento de sistema.”

A vaga exige uma experiência de três anos na área de fintech, obrigatório comprovação. Além disso, é necessário que o líder tenha um conhecimento aprofundado em e-commerce, DeFi e moedas digitais, deixando claro que a MOSSAD espera contratar um especialista em criptomoedas nessa vaga.

Vários serviços secretos pelo mundo já buscam capacitação em Bitcoin e ecossistema

Se o governo de Israel já acredita que o serviço secreto do seu país deva conhecer mais sobre o mercado de criptomoedas, essa é uma prática que é cada vez mais comum entre países.

Como há uma pressão por regulamentações do setor e falas públicas de agências de que o Bitcoin é uma moeda perigosa, os governos já se preparam para entrar com tudo no setor.

Nos Estados Unidos, por exemplo, durante a gestão de Donald Trump ele teria acionado o serviço secreto do país para apurar crimes com Bitcoin. Entre os principais estão os ransomwares, que já são tratados por governos como ataques cibernéticos cometidos por países inimigos.

Só com a vaga publicada, a MOSSAD não deixa claro qual categoria de sistema planeja criar envolvendo as criptomoedas, mas o caso chamou atenção da comunidade mundial.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Presidente da SEC diz que criptomoedas só valem algo porque alguém vai querer comprar...

O Presidente da SEC, Gary Gensler, novamente voltou a falar sobre o criptomercado e sobre as moedas digitais. Desta vez Gensler demonstrou estar bem menos...
Binance sob pressão Brasil

Binance anuncia fim de negociações de derivativos na Austrália

A Binance é a maior corretora de criptomoedas do mercado global e com certeza um importante pilar para todo o setor. No entanto, com...
Símbolo da Uniswap em mapa mundial

Empresa pede registro de marca da Uniswap no Brasil

Uma empresa pediu o registro da marca Uniswap no Brasil, nome da principal corretora descentralizada do mundo. O pedido foi feito com base em uma...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias