Spotify integra carteiras de criptomoedas e testa a Web3

Novidade ainda restrita a alguns países não chegou para brasileiros em testes iniciais.

Integrar uma carteira de criptomoedas da Web3 e ouvir playlists no Spotify agora se tornou uma realidade confirmada pela própria empresa. Considerado um dos maiores serviços de streaming de músicas, podcasts e vídeos, a empresa avança no mercado cripto.

Para os testes piloto da solução, o Spotify começou a integrar algumas coleções NFTs de playlists em sua plataforma.

O serviço permite que os detentores de NFTs e tokens com músicas reproduzam seus conteúdos diretamente no serviço de streaming. Embora o Spotify não tenha emitido uma declaração sobre os testes, usuários perceberam o movimento da empresa rapidamente.

Spotify libera integração de carteiras de criptomoedas para chegar a Web3

Um dos perfis que alertou sobre a novidade do Spotify é a Overlord, dona de um jogo NFT ligado ao metaverso e Web3. São vários os produtos ligados a marca, que quando em carteiras de criptomoedas, agora podem se ligar ao serviço de streaming.

Ao publicar sobre a novidade, a página da Overlord declarou que é uma das empresas selecionadas para os testes iniciais. O próprio Spotify respondeu a Overlord se dizendo animado em explorar as novidades com a empresa Web3.

Os testes pilotos começaram apenas com usuários de dispositivos móveis com o sistema operacional Android. Não está claro assim quando chega para usuários iOS e de Desktop, também clientes do Spotify que podem estar interessados em testes.

Brasil fica de fora dos testes iniciais do Spotify com NFTs

Considerado um dos países com mais detentores de NFTs em todo o mundo, o Brasil acabou ficando de fora dos testes iniciais do Spotify.

Isso porque, segundo a Overlord, apenas clientes que moram nos Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Nova Zelândia e Alemanha estão elegíveis a vincular suas carteiras. Como o próprio Spotify ainda não divulgou novidades sobre o serviço, não está claro como foi a seleção dos países para testar a solução.

Outra coleção que chamou atenção pela integração com o Spotify na Web3 é o grupo KingShip, vinculado a coleção de NFTs da Bored Ape. Novamente, o próprio perfil do serviço de streaming gostou de ver publicações sobre a parceria.

De acordo com Lugui Tillier, CCO da Lumx Studios, o movimento do Spotify, por mais que ele seja gigantesco, não foi o primeiro, o que também é muito promissor.

“Instagram e twitter são outras plataformas sociais que já permitem com que usuários conectem a suas carteiras cripto e tenham alguma interação com NFTs, nenhuma dessas interações ainda destrava nada exclusivo, elas são mais voltadas para um benefício de personalização.”

Agora não está claro ao mercado por quanto tempo pode durar os testes do Spotify com a integração de carteiras ligadas a Web3, nem quais coleções estão ajudando a empresa no processo.

Vale lembrar que no passado o próprio Twitter, uma rede social, liberou que os clientes pudessem colocar seus NFTs como fotos de destaque, recurso utilizado até pelo craque brasileiro do futebol Neymar.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de criptomoedas do mercado ganhe até 100 USDT em cashback. Cadastre-se

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias

Últimas notícias