Suspeita de pirâmide, CJS Trader encerra atividades e clientes procuram polícia

Empresa acusada de ser um esquema de pirâmide financeira encerra no Brasil após pressão de investidores.

Siga no
Fundador da Sudbook
Reprodução/Instagram

Mais uma empresa suspeita de operar um esquema de pirâmide financeira no Brasil chegou ao fim. A CJS Trader afirmou que está encerrando suas operações a partir do dia 7 de dezembro de 2020.

O motivo seria de “cunho pessoal”, afirmou o advogado da empresa, Márcio Roberto Rendeiro Alvarenga. Em vídeo publicado em redes sociais da empresa, ele afirmou que o CEO da CJS Trader concordou com a decisão.

A CJS Trader Investimentos tem como representante ex-fundador da Sudbook, que agora cria a empresa suspeita de ser pirâmide com bitcoin. De acordo com um advogado que conversou com o Livecoins, já foi até registrado uma queixa-crime na Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor – DECON.

A CJS Trader, caso confirme ser um golpe, pode ter deixado pelo caminho pelo menos 250 vítimas da possível fraude.

CJS Trader encerra operações, clientes procuram delegacias de polícia

Mais uma empresa vem sendo apontada como um esquema de pirâmide envolvendo bitcoin no Brasil. Após reportagem veiculada pelo Livecoins em julho de 2020, com aumento do número de reclamações relacionadas a atrasos em saques, a CJS Trader enfim anuncia seu encerramento.

A notícia do encerramento, dada pelo advogado da empresa pelo Instagram deixou os clientes preocupados. Na descrição do vídeo, a empresa afirma que o motivo do encerramento das atividades são “ataques virtuais”. Além disso, com o “psicológico abalado”, a empresa não conseguiria mais atuar no mercado brasileiro.

“Devido a toda situação de tentativa de organização da CJS Trader, e sem êxito, a CJS TRADER, juramente com seu corpo jurídico tomou a decisão de encerramos definitivamente as nossas atividades, devido a ataques virtuais e por não ter mais psicologicamente capacidade de continuar o CEO da CJS TRADER, concordou com a decisão. Ficando aqui claro que, a partir do dia 07/12/2020 a equipe do setor jurídico para atender a todos que desejam ressarcimento do seu investimento, possa ser atendidos com mais agilidade. Obrigado a todos e que Deus nós abençoe sempre.[SIC]”, declarou a CJS Trader ao encerrar operações

Já no vídeo, o advogado declarou apenas o encerramento por “cunho pessoal”. Ele garantiu que os valores dos clientes serão devolvidos e corrigidos pela poupança. A expectativa é que a poupança registre rendimento de 1,4% em 2020.

Contudo, desde março de 2020 a CJS Trader já não estaria honrando com os saques de alguns clientes. Em novembro último, a empresa chegou a anunciar uma reorganização, mas pelo visto não teve sucesso em seguir com o plano.

CJS Trader anunciou reorganização em novembro de 2020
CJS Trader/Instagram

Veja no vídeo abaixo a fala do advogado da CJS Trader sobre o encerramento das operações:

Queixa-crime já foi protocolada na polícia para investigação da empresa

O Balanço Geral de Goiás também investigou a empresa. Em agosto de 2020, a matéria abalou ainda mais a confiança no negócio.

A CJS Trader oferecia rendimentos fixos e mensais e ainda bonificações ao convidar novas pessoas, a empresa seria mais um exemplo de pirâmide financeira no Brasil, de acordo com Fernando Henrique Barbosa, Carvalho Diniz & Barbosa advogados.

Dessa forma, ele reuniu clientes lesados pelo golpe e já protocolou na delegacia de polícia civil uma queixa-crime. O Livecoins teve acesso ao documento, que aponta que pelo menos 250 pessoas tenham sido vítimas do suposto golpe.

Foi solicitado abertura de inquérito policial, quebra de sigilo bancário, bloqueio de passaporte e CNH, entre outros. As principais justificativas para o pedido seria de crime contra economia popular, estelionato, lavagem de dinheiro, associação criminosa, apropriação indébita, entre outros.

Trecho de Queixa-Crime apresentado ao DECON contra a CJS Trader
Trecho de Queixa-Crime apresentado ao DECON contra a CJS Trader

O Livecoins tentou contato com a CJS Trader, mas a empresa não retornou o contato até o fechamento desta matéria. Espaço fica aberto para manifestação.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

“Bitcoin é uma grande bolha”, diz pesquisa do Bank of America

Apesar de muitos entusiastas de criptomoedas argumentarem que o Bitcoin já provou, além de qualquer dúvida razoável, que não é uma bolha, muitos gestores...

Binance anuncia listagem de ações da Coinbase

A Coinbase, a maior corretora de criptomoedas dos EUA, vai se tornar uma empresa de capital aberto nesta quarta-feira (14), sendo listada na Nasdaq,...

Com IPO da Coinbase, Bitcoin bate novo recorde e supera R$ 375 mil

O preço da criptomoeda mais famosa do mundo bateu um novo recorde na manhã desta quarta-feira (14). Enquanto o mundo aguardava a primeira IPO...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias