“Tela azul da morte do Windows me fez perder 8 mil bitcoins”, diz investidor

Sindibad disse que está totalmente sem esperança e sem saber se "ri ou se chora" ao ver o preço do Bitcoin atualmente.

Siga no

O criptomercado está cheio de histórias de pessoas que conseguiram alcançar a fortuna ao apostar nas moedas logo no começo do projeto. Mas também está cheio de relatos de pessoas desesperadas por não terem conseguido recuperar moedas que compraram há anos.

Recentemente um usuário do Bitcointalk, maior fórum da moeda digital no mundo, contou a sua história sobre 8 mil bitcoins perdidos por causa da famosa “Tela Azul da morte” do Windows.

O usuário identificado como Sindibad contou que teve o primeiro contato com o Bitcoin entre o final de 2009 e o começo de 2010. Ele chegou a afirmar que na época ele achava que a moeda não tinha muito valor e que poderia acabar sendo um golpe, algo muito comum entre quem ouvia sobre a moeda naquela época.

Sindbad começou a ter contato direto com a moeda após criar um site para hospedar jogos em flash, pensando em ganhar dinheiro com o Adsense, mas colocando uma integração com o Bitcoin.

“Em julho de 2010 eu decidi criar um site para jogos em flash para ganhar dinheiro com o Adsense. A minha ideia era diferente, eu queria recompensar os jogadores com o Bitcoin enquanto ganhava dinheiro com as propagandas, criei múltiplos endereços, fiz algumas transações e comprei mais moedas.”

Tela azul da morte

Por volta de novembro de 2010, com o Bitcoin ainda sem muito valor, o usuário contou que o Windows (na época o Windows 7) foi atualizado automaticamente, como era comum na versão do sistema operacional (SO) e é até hoje com o Windows 10. No entanto, após a atualização o SO começou a apresentar a tela azul.

“A minha vida mudou naquele ano, eu estava trabalhando normalmente, desliguei o meu computador e a tela mostrou o status de atualização, com o alerta ‘Não desligue seu computador’. Adivinha o que aconteceu depois do update? O Windows reiniciou 4 ou 5 vezes e então apareceu a Tela Azul, dizendo que havia um problema com o Windows.”

Sindibad disse que tentou recuperar o sistema, mas não teve nenhuma sorte. Enquanto ele não se importava com os Bitcoins perdidos, haviam dados importantes guardados e que ele precisava acessar.

Por fim, ele usou uma versão executável do Ubuntu para conseguir acessar o Disco Local e fazer uma cópia de seus arquivos e imagens antes de instalar o Windows 7 de novo.

hd tela azul da morte
HD tela azul da morte

Três anos depois do incidente o Bitcoin voltou a ganhar força e os 8.000 bitcoins de Sindbad valiam cerca de US$ 80 mil, o que o deixou muito animado. Ele verificou os arquivos copiados do seu antigo sistema que deu defeito e não conseguiu encontrar nada relacionado ao Bitcoin.

Ele descobriu que partes dos arquivos poderiam estar escondidos na antiga pasta App Data, que foi deletada. Foi então que ele começou uma corrida para conseguir recuperar os arquivos perdidos.

“Eu tentei encontrar uma solução para recuperar os arquivos deletados, testei várias ferramentas de recuperação. Eu encontrei o wallet.dat depois de horas de procura, nem dá para imaginar a minha felicidade quando eu vi o arquivo… Eu copiei o arquivo para a pasta do Bitcoin Core e executei o problema e então… apareceu Arquivo Corrompido.”

Desde 2013 Sindibad agora tenta lutar contra o arquivo corrompido, tentando recuperar o valor. Se em 2013 o valor já o deixava esperanço aos US$ 80, imagine hoje que ele tem uma fortuna de pouco mais de U$ 432 milhões, cerca de R$ 2 bilhões.

Wallet corrompida
Wallet corrompida

100 Bitcoins para quem ajudar

Sindibad disse que está totalmente sem esperança e sem saber se “ri ou se chora” ao ver o preço do Bitcoin atualmente. Sendo assim, ele foi até ao Fórum, e também ao Reddit para tentar buscar ajuda dos diferentes membros.

Claro, para isso ele apresentou a possibilidade de uma recompensa para quem pudesse ajudar. O dinheiro está preso na carteira de endereço 15Z5YJaaNSxeynvr6uW6jQZLwq3n1Hu6RX

“Por favor, deixe comentários sobre uma possível solução. Se eu conseguir movimentar esses Bitcoins então 100 BTC serão dados para a primeira pessoa que apresentar uma solução.”

Caso você tenha bastante conhecimento sobre recuperação de arquivos deletados, talvez essa seja uma boa oportunidade de tentar ganhar alguns bitcoins.

Parece suspeito

A história de Sindibad não convenceu todo mundo. Muitos estão tentando ajudar ele a recuperar a carteira, mas alguns acham estranho o fato de ele estar com mais de US$ 400 milhões presos em uma carteira e estar pedindo ajuda de pessoas na internet ao invés de procurar especialistas profissionais no assunto.

“Me parece bem suspeito ou uma piada. Ter um HD com 400 milhões de dólares e ao invés de procurar os melhores mestres no mundo real, ele vai perguntar para o fórum…”, disse o usuário identificado como Andzhig.

Se a história é real ou não, Sindibad está no grupo de pessoas que perderam milhões em Bitcoin, alguns literalmente jogando as moedas no lixo. Esses incidentes aumentam ainda mais a escassez da moeda digital.

Como disse o próprio Satoshi: “Moedas perdidas fazem as moedas restantes valerem um pouco mais. Pense nisso como uma doação para todo mundo.”

Post original de Sindibad no Bitcointalk.org
Post original de Sindibad no Bitcointalk.org

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Alta do Dogecoin criou 1.351 novos milionários no mundo

A alta recente da criptomoeda Dogecoin transformou mais de 1300 pessoas em novos milionários. A moeda disparou mais de 40.000% em um intervalo de...

Próxima queda do mercado cripto será brutal, alerta “Cobra”, dono do bitcoin.org

O mercado de criptomoedas é cheio de altos e baixos, ao longo de 12 anos os investidores viram períodos de altas constantes, chamados de...

O ouro físico está perdendo espaço para o ouro digital

Nos últimos dias, Neel Kashkari, presidente do banco central americano, disse que não ficaria surpreso se a taxa de inflação nos Estados Unidos subissem...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias