Telegram lançará código da Blockchain TON neste domingo?

Criptomoeda própria do Telegram!

Siga no

Um dos maiores ICOs para criação de criptomoeda própria está para ter sua ferramenta lançada. O Telegram, rede social rival do Whatsapp, irá liberar o código da blockchain TON neste próximo domingo.

A rede TON (Telegram Open Network) é aguardada desde 2018 e com grande expectativa. A explicação seria porque o Telegram é uma rede social com uma grande base de usuários.

Rumores apontam que blockchain TON do Telegram será lançada neste dia 01 de setembro!

De acordo com o site de informações russas vedomosti, o Telegram lançará sua rede para testes. O lançamento poderá ser já no próximo domingo (01/09/2019), entretanto, em versão de testes. O portal vedemosti informou que as informações são de um investidor do projeto, que teria participado dos testes fechados.

Com isso, a TON terá os primeiros testes públicos, mostrando assim seu projeto para especialistas do setor. Cabe o destaque que o lançamento é aguardado, visto que este foi um dos maiores financiamentos de criptomoeda do qual se tem notícias. No início de 2018, o Telegram arrecadou em uma rodada de investimentos cerca de U$ 1,7 bilhões para financiar este projeto.

Além disso, estarão disponíveis para usuários informações de como rodar um node na rede TON. Os nodes de blockchains funcionam como servidores, que armazenam de forma descentralizada as transações, garantindo segurança e transparência para essas redes.

Outro item de fundamental importância que poderá ser observado é o consenso da rede TON. O Bitcoin, por exemplo, funciona como o consenso Proof of Work. Até então, não há informações sobre o consenso que a criptomoeda do Telegram, a GRAM, irá trabalhar.

Potencial da rede será testado com criação de novos nodes

Como a versão ainda é de testes, os desenvolvedores podem abrir o projeto para escalar a solução de problemas. Os primeiros testes realizados foram com poucos nodes, mas espera-se que ao abrir surjam muitos interessados. Testes de segurança e velocidade nas transações, escalabilidade da blockchain, além de outras funcionalidades serão foco deste lançamento.

Finalmente, a corrida agora é contra o tempo, uma vez que o prazo máximo para entrega da rede é 31 de outubro. Cabe o destaque que se até a rede não esteja em funcionamento, o dinheiro poderá ser devolvido aos investidores. Com isso, os cerca de 300 milhões de usuários do Telegram poderão em breve utilizar a criptomoeda Gram.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Debate Descentralizado: stablecoins podem impactar outras criptomoedas

As stablecoins são possivelmente um dos pilares do mercado de criptomoedas atualmente. O USDT, por exemplo, é usado como medidor de demanda por investidores....
Trade na Uniswap baleia

Criador da Uniswap quer melhorar negociações de baleias Ethereum

Hayden Adams, o criador da Uniswap quer implementar uma melhoria para as negociações de baleias de Ethereum. Um estudo está sendo feito em conjunto...
US Marshals na vigilância do telhado bitcoin

Polícia americana contrata empresa para armazenar bitcoins apreendidos

A polícia dos Estados Unidos quer guardar os bitcoins apreendidos em operações e para isso, contratou uma empresa especializada, a Anchorage Digital. De acordo com...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias