Tesla voltará aceitar Bitcoin como pagamento

Em junho deste ano, Elon Musk, CEO da Tesla, afirmou que a empresa voltaria a aceitar BTC como pagamento quando cerca de 50% da energia usada por mineradores fosse limpa.

Siga no
Tesla e Bitcoin
Tesla e Bitcoin

No seu último relatório trimestral, a Tesla afirmou que tem intenção de voltar a aceitar bitcoin como pagamento pelos seus carros e outros serviços. Além de ter comprado 1,5 bilhão de dólares em Bitcoin, a empresa aceitou a moeda digital como pagamento por três meses.

O principal motivo da empresa ter parado de aceitar bitcoin foi uma pressão ambientalista envolvendo a mineração da criptomoeda, todavia a Tesla parece estar reconsiderando a ideia de aceitar bitcoin novamente.

Por fim, vale notar que as ações da Tesla ultrapassaram a marca de 1 trilhão de dólares pela primeira vez na história, e que seus bitcoins comprados renderam 1,3 bilhão de dólares à empresa.

Energia limpa

A principal causa da Tesla, empresa líder no setor de carros elétricos, parar de aceitar bitcoin como pagamento foi a pressão causada por pessoas preocupadas com o meio ambiente.

Enquanto a proposta da empresa é oferecer produtos que poluem menos o meio ambiente, as críticas afirmavam que o bitcoin consumia muita energia, e grande parte dela não era limpa.

A partir deste ponto, começou um enorme movimento para tentar entender o quanto o bitcoin poderia estar poluindo o meio ambiente, bem como encontrar soluções de geração de energia limpa, como fontes geotérmicas e nuclear.

Em junho deste ano, Elon Musk, CEO da Tesla, afirmou que a empresa voltaria a aceitar BTC como pagamento quando cerca de 50% da energia usada por mineradores fosse limpa.

“Quando houver confirmação do uso aceitável de energia limpa (~ 50%) pelas mineradoras com uma tendência futura positiva, a Tesla permitirá novamente as transações com Bitcoin.”, disse Elon Musk.

Relatório da Tesla afirma intenção de voltar aceitar Bitcoin

Em seu último relatório trimestral, a Tesla aponta que comprou 1,5 bilhão de dólares em bitcoin em 2021, essa alocação fez com que a empresa lucrasse 1,3 bilhão de dólares com a recente alta do BTC.

Além disso, o relatório aponta que a empresa pode voltar a aceitar bitcoin como forma de pagamento no futuro. Conforme muitos mineradores migraram da China para outros países, a energia utilizada por eles pode estar ficando mais limpa.

“Podemos, no futuro, reiniciar a prática de transações em criptomoedas (‘ativos digitais’) para nossos produtos e serviços.”

A boa performance da Tesla também fez as ações da empresa ultrapassar a marca de 1 trilhão de dólares na Nasdaq pela primeira vez na história nesta segunda-feira.

Ações da Tesla, Inc. Fonte: Trading View

Elon Musk é reconhecido pela sua história de sucesso por conta de várias empresas gerenciadas por ele, seja no passado como no presente. Além de empresas, recentemente Musk também fez um meme valorizar, sendo leiloado por 115 mil reais.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Há mais de 5 anos trabalhando com criptomoedas, hoje escrevo artigos e notícias para o Livecoins.
Homem com capacete de alumínio chamando Bitcoin de Fake News

“Bitcoin é lixo, prefiro Shiba Inu e Dogecoin”, diz ex-político holandês

Para um ex-político holandês que ficou rico com Dogecoin, as criptomoedas inspiradas em cachorro DOGE e SHIBA são melhores que o Bitcoin. o Milionário...

Jack Dorsey abandona Twitter e agora pode se dedicar ao Bitcoin

Jack Dorsey, criador do Twitter, abandonou o cargo de diretor executivo da empresa nesta segunda-feira (29). Seu cargo será ocupado por Parag Agrawal que...

Iate virtual é vendido por R$ 3,7 milhões no Metaverso

O setor do Metaverso parece estar ganhando cada vez mais tração nos últimos dias, após a venda de um terreno por R$ 14 milhões...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias