Montadora suspende venda de NFTs após terremoto na Turquia

Clientes compraram criptomoeda para leilão e com suspensão das vendas acumulam prejuízos.

A Türkiye’nin Otomobili Girisim Grubu (Grupo Empresarial Automobilístico da Turquia), ou TOGG, suspendeu a venda de NFTs de seus veículos elétricos em edição especial de comemoração para clientes.

A venda dos ativos digitais começou no dia 5 de fevereiro pela montadora, uma concorrente da Tesla no mercado de veículos elétricos.

Assim, os clientes que comprassem unidades dos NFTs, pagando apenas com a criptomoeda Avalanche (AVAX), poderiam ter prioridade na compra de carros da TOGG, modelo em edição especial.

No início das vendas, plataforma não funcionou

Muitos turcos compraram a criptomoeda Avalanche para se preparar para o leilão da TOGG. Contudo, com o início das vendas dos NFTs, a plataforma começou operando com instabilidades. Em nota, a montadora anunciou que iria corrigir os problemas.

“Devido ao intenso interesse, nossos sistemas sofrem atrasos e problemas de acesso de tempos em tempos. Continuamos trabalhando para resolver o problema. Informamos que estamos suspendendo a compra de NFT até nosso próximo anúncio e agradecemos seu interesse e compreensão.”

O que muitos não contavam é que, após a plataforma estar totalmente operacional, a Turquia seria arrasada por um terremoto histórico, no dia 6 de fevereiro de 2023.

Com a situação, a TOGG suspendeu a venda de NFTs, em solidariedade ao momento grave que o país atravessava.

Planos com NFTs da TOGG são cancelados e quem comprou AVAX acumula prejuízos de até 30%

Um mês depois dos planos frustrados com NFTs da TOGG, a montadora de veículos elétricos anunciou que não dará mais prioridade na compra dos carros especiais para quem comprou os ativos digitais.

Ou seja, os NFTs que antes valiam uma compra exclusiva de um veículo, deixaram de ter valor no mercado. Além disso, muitos clientes da marca que gostariam de comprar NFTs com suas moedas AVAX amargam um prejuízo duplo.

Isso porque, nos últimos 30 dias, a criptomoeda derreteu 29%, custando apenas US$ 14,00. A queda da moeda piora a situação dos clientes da TOGG na Turquia, que perderam dinheiro no curto prazo, seja na compra de um NFT que não vale mais nada, ou aguardando para comprar o colecionável com uma moeda em queda livre no bolso.

Preço da Avalanche cai de fevereiro e março de 2023, desvalorizando quase 30% em relação ao Dólar
Preço da Avalanche cai de fevereiro e março de 2023, desvalorizando quase 30% em relação ao Dólar. Crédito: CoinMarketCap.

Com o mercado de criptomoedas voltando a cair, com temores da falência de empresas, a AVAX não mostra sinais positivos no curto prazo. Vale lembrar que desde a alta histórica da moeda em 2021, a queda acumulada é de 90%, visto que cada unidade da Avalanche já custou US$ 144,00.

Momento negativo para comprar NFTs de montadoras?

Desde o auge do mercado de NFTs em 2021, o interesse na aquisição dos ativos caiu consideravelmente em 2022 e segue negativo em 2023.

Mas o caso polêmico da TOGG não é o único que marca um péssimo momento para se comprar um NFT de montadoras. Recentemente, em venda de colecionáveis, a Porsche também não conseguiu vender todos os ativos que planejava, com a coleção flopando e amargando prejuízo.

Os casos mostram que mesmo com o interesse de grandes marcas em NFTs, o momento se mostra arriscado para comprar ativos, principalmente com criptomoedas em queda.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias