Toyota paralisa produção após ataque ransomware

Ataque cibernético em fornecedor parou fábricas da montadora.

Fábrica e produção da Toyota com veículo Fortuner TRD na porta
Concessionária Toyota com veículo Fortuner TRD na porta

A Toyota no Japão parou a produção de seus veículos após um incidente cibernético com um ransomware, devendo voltar a funcionar só nos próximos dias.

Nos últimos anos, a ameaça dos ransomwares assombraram muitas empresas de diferentes segmentos, além de órgãos do governo de vários países que acabaram sendo alvos. Há relatos de usuários domésticos também alvos de ransomwares, mas os danos nesses ambientes não costumam ser tão prejudiciais quanto em empresas.

Com a chegada da pandemia, principalmente em 2020, o ataque com esses malwares se intensificou, mas com a guerra entre Rússia e Ucrânia volta chamar atenção para a atividade de fraudes pela internet.

Toyota paralisa produção no Japão após ataque cibernético com ransomware

A Toyota Japão anunciou na última segunda-feira (28) que pode atrasar na entrega de carros vendidos devido a um ataque em uma empresa fornecedora da sua linha de produção, a Kojima Industries. Foram paradas 14 fábricas da gigante montadora devido ao ataque, além da escala de trabalho de vários funcionários.

“Pedimos desculpas aos nossos fornecedores e clientes relevantes por qualquer inconveniente que isso possa causar. Também continuaremos a trabalhar com nossos fornecedores no fortalecimento da cadeia de suprimentos e faremos todos os esforços para entregar veículos aos nossos clientes o mais rápido possível.”

Com a expectativa de voltar a funcionar nesta terça-feira (1), no entanto, a montadora teve que adiar sua retomada para a próxima quarta (2), para que o problema seja totalmente resolvido.

O site da Kojima ainda está indisponível nesta terça e foi informado que além de ransomware, foi detectado um vírus nos seus sistemas. Essa empresa é responsável por levar partes plásticas e eletrônicas dos veículos para a Toyota, que teve uma de suas principais parceiras afetada.

O ataque cibernético contra essa empresa com ransomware pode ter pedido até criptomoedas como pagamento por resgate, uma prática cada vez comum, mas não está claro se isso realmente ocorreu e se houve negociações neste sentido.

De qualquer forma, ransomwares costumam sequestrar sistemas e arquivos das vítimas, pedindo um resgate para que tudo seja liberado. Caso a vítima não tenha backups recentes, é possível que todos os dados sejam perdidos.

Relação do Japão com a guerra na Ucrânia torna empresas do país alvo

Nos últimos dias um cenário que chama atenção mundial é a invasão da Rússia na Ucrânia, país que tem pedido apoio mundial para repelir o ataque russo. Assim, muitos países já se posicionaram sobre o assunto, sendo o Japão um que condena o ataque da Rússia.

Após o posicionamento do Japão, a empresa parceira da Toyota foi atacada e ainda não está claro se há alguma relação com esse incidente e a postura do país contra a Guerra na Ucrânia. Questionado por jornalistas, o Primeiro-ministro japonês Fumio Kishida disse que ainda não está claro a relação do ataque na Toyota, mas que isso será investigado, segundo informou a CNBC.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias