TradingView: Semana de risco para as criptomoedas

Disclaimer: As análises aqui apresentadas são apenas estudos. Elas não são recomendações de investimento, nem de compra nem de venda, tampouco refletem a opinião do veículo de mídia na qual estão sendo divulgadas. São estudos direcionados a pessoas com conhecimento e experiência no mercado financeiro.

TradingView
TradingView

Após semanas de tensão e fortes quedas, o mercado já começa a dar sinais de reversão e um potencial rally. Confira os estudos dos analistas do TradingView.

Felipe S Vieira

Gráfico semanal do Bitcoin, vemos a área de volume na região de 37700 como um suporte importante, é a região onde se teve maior concentração de briga entre os ursitos e os touritos desde 2021 até agora.

Estas regiões são como “chaves” que geralmente terminam/iniciam uma suposta tendência, no canal de Keltner estamos em região baixista, abaixo da linha mediana, com a nuvem apontada para baixo, ele rompendo este atual suporte(37700).

Poderíamos então ver ele tentar buscar o suporte do canal de Keltner, e aí veríamos novamente ele nos 30k ou até menos que isto um “cadin”.

Utilizando a extensão de Fibonacci baseada em tendência, a ferramente nos mostra alguns pontos interessantes de possíveis compras e/ou suportes. (Ver tudo sobre Bitcoin).

Lucas C Moraes

Segue minha leitura sobre o gráfico da Binance Coin e também a projeção de preço para os próximos movimentos.

Neste momento, se aproximando do canal inferior o ativo está cada vez mais perto de completar outro ciclo de mercado, que pode ser encerrado ao finalizar o movimento C destacado no gráfico.

Além de ser o alvo do movimento atual, a faixa de preço que se encontra entre os US$ 330 e US$ 225 também é a banda inferior do canal e uma importante região de suporte que foi bastante respeitada anteriormente. (Veja mais ideias sobre BNB).

A partir dessa leitura temos dois principais cenários:

  1. O primeiro ocorrerá caso o ativo demonstre uma exaustão do movimento atual de baixa após atingir a região alvo da nossa operação. Assim, podemos ter o inicio de um novo ciclo que terá como objetivo a banda superior do canal na faixa dos US$ 615.
  2. Já o segundo cenário que é menos provável, seria o ativo em um primeiro momento respeitar a zona de suporte e nas semanas seguintes romper o canal para baixo.
    Esse movimento, além de ultrapassar a região alvo, também pode desconfigurar as bandas do canal, o que aumentaria a chance de um movimento mais lateral em prazos maiores.

Wendel Suzano

Todas as criptomoedas (ou grande parte delas) estão bem próximas do seu suporte de janeiro/22 e na minha opinião é um dos pontos mais importante do mercado.

Esta semana teremos essa definição, tomem muito cuidado ao comprar, pois, o movimento de venda está bastante forte, como podemos visualizar no alto volume quando o mercado cai.

Eu basicamente gosto de aguardar o rompimento dessas regiões junto com um pullback para entrar a favor do movimento. Separei aqui para vocês 2 modos de operação nesse tipo de situação. (Veja a análise na íntegra).

Para operar a tendência:

  • Aguardar o rompimento com candle de força
  • Analisar o volume do rompimento
  • Aguardar um pullback do suporte
  • Aguardar um toque na média depois que ocorreu um rompimento.
  • Analisar o cenário exterior.

Para operar reversão:

  • Espere o mercado testar essa região.
  • Formação de candlesticks de reversão.
  • Análise de volume.
  • Aguardar mais de 2 candles de reversão nessa região.
  • Analisar o cenário exterior.

Disclaimer: As análises aqui apresentadas são apenas estudos. Elas não são recomendações de investimento, nem de compra nem de venda, tampouco refletem a opinião do veículo de mídia na qual estão sendo divulgadas. São estudos direcionados a pessoas com conhecimento e experiência no mercado financeiro.

Nossos Autores: Felipe Vieira, Lucas Moraes e Wendel Suzano.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
TradingViewhttps://br.tradingview.com/
Coluna dos Analistas de Mercado da Maior Rede Social para traders no mundo, TradingView

Últimas notícias