Tsunami de R$ 73 trilhões: Fidelity e BlackRock se preparam para rali do Bitcoin

O CEO da BlackRock, Larry Fink, escreveu em sua carta anual aos acionistas que eles estão explorando o ecossistema de ativos digitais.

Bitcoin, Ethereum e outras principais criptomoedas estão sendo negociadas a preços abaixo de seus recordes históricos, alcançados no final de 2021. No entanto, grandes investidores acreditam que isso pode estar prestes a mudar.

O preço do Bitcoin, por exemplo, disparou mais de 50% desde o início do ano, e os traders estão se preparando para uma possível reviravolta do banco central dos EUA, o Fed.

Apesar da recente queda de quase US$ 2 trilhões em valor de mercado, a Fidelity e a BlackRock, duas das maiores instituições financeiras do mundo, estão se expandindo discretamente para o mundo das criptomoedas.

O interesse declarado da BlackRock e da Fidelity em Bitcoin e Ethereum pode gerar mais segurança entre os traders, pois as empresas possuem ativos combinados sob gestão no valor de US$ 14 trilhões, cerca de 73 trilhões de reais.

BlackRock

O CEO da BlackRock, Larry Fink, escreveu em sua carta anual aos acionistas que eles estão explorando o ecossistema de ativos digitais, incluindo blockchain autorizado e tokenização de ações e títulos.

“Na BlackRock, continuamos a explorar o ecossistema de ativos digitais, especialmente as áreas mais relevantes para nossos clientes, como blockchains autorizados e tokenização de ações e títulos”, disse Larry Fink, executivo-chefe da maior gestora de ativos do mundo, em sua carta anual aos acionistas, acrescentando que “desenvolvimentos muito interessantes estão acontecendo no espaço de ativos digitais”.

Enquanto isso, a Fidelity abriu sua plataforma de negociação de criptomoedas para seus 37 milhões de usuários para comprar e vender Bitcoin e Ethereum sem taxas.

Em dezembro do ano passado, a Fidelity anunciou a estreia do Fidelity Crypto. A empresa oferecerá negociação sem taxa de bitcoin e Ethereum, mas adicionará uma taxa de 1% a cada transação.

A Fidelity se refere à taxa como um “spread” e a define como a variação entre o preço pelo qual a Fidelity Digital Assets executa um pedido e o preço pelo qual o pedido é executado. Os clientes poderão ver esse spread em seu preço de execução.

Enquanto isso, a Fidelity disse que estava planejando outras 100 contratações para expandir sua equipe de ativos digitais.

Próximo rali do bitcoin

Alguns observadores do mercado de criptomoedas apontam para o próximo halving do Bitcoin como um possível catalisador para a próxima alta do preço.

O halving ocorre quando a recompensa do bloco de Bitcoin emitida para mineradores é reduzida pela metade, e historicamente tem sido um evento positivo para o ativo digital.

Os traders continuam acompanhando de perto o mercado de criptomoedas em busca de oportunidades de investimento. No geral, apesar das flutuações de preço, as criptomoedas parecem estar atraindo cada vez mais a atenção de investidores e instituições financeiras de grande porte.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias