TV Senado promove debate ao vivo sobre criptomoedas

Debate apresentou fundamentos importantes da tecnologia e esclareceu dúvidas da população.

Siga no
Evento da TV Senado sobre importância das criptomoedas
Evento sobre importância das criptomoedas /Crédito: TV Senado

Nesta sexta-feira (12), a TV do Senado Federal promoveu um debate público com a participação de um especialista para discutir sobre criptomoedas.

O programa TV Senado Live foi apresentado por Antônia Márcia Vale e Sara Reis e contou com a participação de Safiri Felix, diretor da Transfero.

Em sua explicação, o entusiasta do Bitcoin lembrou que a tecnologia surgiu a partir da internet, que trouxe um grande poder para que pessoas possam produzir e consumir em um ambiente online, de maneira simples e barata.

Criptomoedas permitem a troca justa de valores pela internet, disse especialista em TV Senado

Assim, as criptomoedas trouxeram ao ambiente o potencial de troca de valores, algo que até então não existia de forma descentralizada e sem intermediários.

“As criptomoedas são uma nova camada da internet para trocar valores digitalmente”.

O especialista lembrou que as compras no comércio eletrônico antes das criptomoedas dependiam da confiança em um terceiro, que reproduzia o cenário físico em ambiente digital. Dessa forma, um comprador de um produto deveria confiar que o serviço de pagamentos iria funcionar, completando a transação para o vendedor, lembrou Safiri.

Com as criptomoedas, isso acontece de forma descentralizada e utilizando a internet, sendo essas transações validadas e confiáveis de forma eficiente e transparente.

Algumas internautas enviaram a pergunta ao especialista sobre o lastro das criptomoedas, que elas tinham dúvidas sobre como funcionava esse sistema. Em sua resposta, Safiri lembrou que o Bitcoin utiliza da criptografia para suas transações, que são totalmente auditáveis, tornando este o lastro mais importante da tecnologia.

O especialista ainda citou que o Dólar não tem lastro em ouro como muitas pessoas imaginam, assim como o Real, que tiveram muitas moedas novas emitidas apenas com base na confiança da população.

Felix lembrou que muitas empresas surgiram no mercado com a promessa de rendimentos fixos de mercado, que são pirâmides utilizando a imagem do Bitcoin e as pessoas devem se atentar para esquemas assim.

Bitcoin é diferente do Real digital

Safiri Felix explicou que o Bitcoin não é uma moeda similar ao Real digital, que está sendo estudado pelo Banco Central do Brasil. Segundo ele, a moeda do BCB será digital, mas totalmente centralizada e com regras monetárias seguindo as diretrizes das autoridades brasileiras.

Já o Bitcoin é similar a uma moeda estrangeira, contudo, sem um órgão emissor central por trás da moeda descentralizada.

Safiri lembrou que entende que o Bitcoin não é um investimento, visto que não há juros pela compra da moeda, que tem suas oscilações de mercado que podem oferecer lucros e prejuízos.

Questionado se o Bitcoin já pode ser utilizado em trocas pelo comércio, o analista disse que sim, basta que comprador e vendedor ajustem os termos e realizem a transação, feita com auxílio de carteiras digitais.

TV Senado fez enquetes em redes sociais com população

Durante uma enquete promovida pela TV Senado em suas redes sociais, perguntando se a população sabia como funcionava as criptomoedas, 65% disseram que não sabiam sobre o sistema.

Outra pergunta feita foi se as pessoas já investiram em alguma criptomoeda, com 78% dos respondentes dizendo que não, mostrando que este é um assunto ainda novo no Brasil.

Questionados em enquete se confiam nas criptomoedas, 74% dos participantes da enquete disseram que não.

Vale lembrar que no Senado Federal tramitam vários projetos de lei para regular as criptomoedas no Brasil. No último mês de outubro, um senador chegou a protocolar mais um projeto para combater o surgimento de pirâmides financeiras com criptomoedas, que será avaliado no Congresso Nacional.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

CEO da Binance se torna o chinês mais rico do mundo, diz site

Changpeng “CZ” Zhao, o famoso CEO da Binance, é um nome muito importante dentro do criptomercado e até mesmo na economia como um todo....
Criptomoeda do Facebook Diem e Libra

Facebook não vai mais proibir propagandas de criptomoedas

Desde o final da alta das criptomoedas em 2017 o Facebook e outras redes sociais limitaram ou até proibiram propagandas e conteúdo patrocinado sobre...

Homem é abordado na rua e obrigado a transferir bitcoins para assaltantes

Os crimes no criptomercado podem acontecer de diferentes maneiras, desde os roubos realizados em golpes digitais até mesmo roubos físicos. A polícia de São...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias