Ubcoin: Exchange permite negociação de criptomoedas em mercadorias

Este artigo é patrocinado. O Livecoins não endossa e não é responsável por nenhum conteúdo, precisão, qualidade, publicidade, produtos ou outros materiais nessa publicação.

Siga no

Até meados de Julho de 2018, você poderá comprar tokens da Ubcoin, uma plataforma blockchain que utiliza um modelo de negócio semelhante a Amazon, Etsy, Mercado Livre e eBay para criar a primeira alternativa verdadeiramente eficiente do mundo para as tradicionais exchanges de criptomoedas.

Os usuários da Ubcoin poderão adquirir criptomoedas simplesmente vendendo bens reais e poderão também gastar criptos comprando bens, livrando-se então da moeda fiduciária desse processo. Tudo isso sem ter que trocar dinheiro fiduciário por criptomoedas.

Basicamente, esta é a primeira solução do tipo que as pessoas não precisarão de moeda fiduciária como ponto de partida para comprar criptomoedas pela primeira vez.

No mundo todo, centenas de milhões de pessoas estão cada vez mais interessadas em criptomoedas e querem entrar no mundo do investimento em criptoeconomia. Mas o processo não é tão simples. A mineração de criptomoedas requer equipamentos específicos e conhecimentos técnicos. Os métodos de negociações fiat/cripto existentes são complexos e não seguros – não apenas o procedimento de cadastro que é complicado e moroso, pois é necessário o “KYC” (procedimento que as exchanges precisam conhecer seus clientes quando eles quiserem usar dinheiro fiduciário), mas também o fato de que 8 das 10 principais corretoras mundiais nem mesmo tem um endereço físico para seus escritórios.

É bastante irônico que, embora exista alto nível de sofisticação no setor financeiro e do amplo uso de tecnologias de pagamento de ponta, ainda não haja uma maneira simples de adquirir criptomoedas – o epítome da alta tecnologia moderna. Costumavam haver apenas dois métodos para isso – exchanges de criptomoedas tradicionais e serviços como Localbitcoins, que permite a compra de criptomoedas de uma pessoa desconhecida na web.

Se você quiser trocar reais, euros ou dólares por Bitcoin ou Ethereum através de uma das diversas exchanges você terá que enfrentar dois problemas principais:

1. Pouquíssimas exchanges  de criptomoedas tradicionais possuem status legal, e mesmo as plataformas que se deram o trabalho de se estabelecer formalmente não podem ainda fornecer nenhum tipo de garantia. Ninguém e nada regula as exchanges, e por isso seus clientes não fazem ideia de onde seus saldos realmente são armazenados e não sabem a quem recorrer se algo acontecer. E “algo” acontece constantemente: as exchanges são hackeadas e fechadas fazendo com que vários usuários percam suas economias.

2. Para comprar grandes quantias de criptomoedas por meio de uma plataforma desse tipo, você terá que passar por uma verificação KYC completa, isso significa que você terá que enviar fotos e dados pessoais. Que, basicamente, entra em contradição com o conceito de anonimato do usuário – uma das principais vantagens das tecnologias descentralizadas. E se você usar uma das poucas exchanges que permitem que os usuários façam depósitos em usando cartões de crédito, os bancos e órgãos reguladores governamentais também terão um “dossiê” sobre você. E ainda, se seu país decidir proibir as negociações de criptomoedas (como o Japão), então você poderá enfrentar uma multa grave.

Se  por acaso você decidir usar uma plataforma semelhante a Localbitcoins – que envolve negociação privada entre duas pessoas, você terá que enfrentar problemas relacionados ao fato de que quanto mais popular as criptomoedas se tornam, mais fraudes e golpistas entram nesse mercado. Por exemplo, você está negociando com um usuário dessa plataforma: você quer comprar uma certa quantia de bitcoins que vale uma certa quantia de reais. Você transfere o dinheiro e, infelizmente, na maioria das vezes, sua contraparte não honra a negociação. Além disso, pode acontecer que o seu “parceiro” receba ou envie dinheiro para, digamos, membros de um grupo terrorista, o que automaticamente faria de você uma pessoa do interesse das autoridades. E, é claro, essas transações geralmente acontecem em locais públicos que mais uma vez roubam seu direito em anonimato.

Além disso, existe o problema de que 23 milhões de proprietários de criptomoedas  não podem gastar seu saldo facilmente devido às restrições impostas pelas organizações governamentais e financeiras. Você pode ter uma economia significativa em Bitcoin ou Ethereum mas precisa de uma maneira fácil de usar para transformar esses cripto ativos em bens ou serviços reais; caso contrário, você não saberá o que fazer com eles.

A Ubcoin, exchange de bens e criptos, resolve todos esses problemas criando um ambiente híbrido entre uma exchange de criptomoedas e uma plataforma de negociação ponto a ponto.

Numero de compradores online 2014 - 2021
Numero de compradores online 2014 – 2021

Quase 2 bilhões de pessoas compram regularmente on-line e 60% de todos os usuários da Internet compram e vendem coisas usando dinheiro fiduciário em plataformas como o Mercado Livre, Amazon, eBay, Etsy e outras.

crypto bens
Potencial de negociações cripto/bens

A Ubcoin baseia-se neste modelo familiar e cria uma plataforma na qual os bens reais servem, por assim dizer, como meio de pagamento e criptomoedas como um ativo negociado. Você pode colocar seu smartphone à venda, encontrar um comprador, recebe tokens da Ubcoin e os troca por qualquer outra criptomoeda popular como Bitcoin ou Ethereum. É isso aí, agora você é um investidor de criptoeconomia. A partir de agora você pode comprar com seu dinheiro virtual qualquer mercadoria na Ubcoin sem ter que trocar seu saldo de criptomoedas por moeda fiduciária.

Esse modelo satisfaz as necessidades de investidores de criptomeodas promissoras e existentes resolvendo os problemas de exchanges convencionais e plataformas como a Localbitcoins. Como resultado, os usuários possuem uma ferramenta legal, fácil de usar e totalmente automatizada que os protege contra golpes e fraudes e mantém o anonimato. Todos os dados das transações são armazenados na blockchain e todas as transações são executadas de acordo com algoritmos definidos em contratos inteligentes. Não existe fluxo de dinheiro fiduciário, portanto, os usuários não precisam passar por nenhum controle KYC para divulgar dados pessoais. Tudo é legal e seguro: a devida diligência completa  executada pela equipe jurídica da Ubcoin não identificou discrepâncias ou violações das leis dos países que regulam a propriedade de criptomoedas.

Os fundadores da Ubcoin esperam que a plataforma simplifique a entrada de pessoas no mercado de criptomoedas, bem como o processo de usar a criptomoedas no dia-a-dia, e que ela se torne parte integrante de um conjunto de ferramentas que são usadas pelos membros de toda comunidade. Expandindo assim a comunidade global de blockchain.

Para mais informações, visite https://ubcoin.io – o desconto de 17% para a venda de tokens terminará em breve!

Leia mais sobre:
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br

Governo da Ucrânia ensina bitcoin para população

O Ministério da Transformação Digital da Ucrânia criou uma campanha para ensinar  bitcoin, blockchain e criptomoedas para a população. Os vídeos foram desenvolvidos em...

Impressora de dinheiro ligada: BC aumentou em quase 50% base monetária em 12 meses

O Banco Central do Brasil imprimiu muito dinheiro nos últimos doze meses, inflando a base monetária do país. De acordo com o BC houve...
BCHA-51-attack

Grupo anônimo de baleias lança ataque 51% contra fork do Bitcoin Cash

A rede da criptomoeda Bitcoin Cash ABC (BCHA), que surgiu no meio do mês como resultado de um hard fork do Bitcoin Cash, está...

Últimas notícias

Impressora de dinheiro ligada: BC aumentou em quase 50% base monetária em 12 meses

O Banco Central do Brasil imprimiu muito dinheiro nos últimos doze meses, inflando a base monetária do país. De acordo com o BC houve...

Grupo anônimo de baleias lança ataque 51% contra fork do Bitcoin Cash

A rede da criptomoeda Bitcoin Cash ABC (BCHA), que surgiu no meio do mês como resultado de um hard fork do Bitcoin Cash, está...

30 bilionários possuem bitcoin, mas não falam sobre isso, revela milionário do Twitter

O multimilionário filantrópico Bill Pulte, apelidado de "Bitcoin Bill" após sua entrada no mercado de bitcoin em dezembro de 2019, afirmou em uma live...