Ucrânia vai usar Stellar para desenvolver moeda digital, XLM dispara 30%

Após o anuncio a criptomoeda XLM valorizou mais de 30%, chegando a ser negociada por US$ 0,17.

Siga no

O Ministério da Transformação Digital da Ucrânia e a Stellar Development Foundation (SDF) assinaram um acordo de parceria onde ambas trabalharão no desenvolvimento de uma estratégia para ativos digitais na Ucrânia.

De acordo com o comunicado de imprensa, o Ministério do país e o SDF trabalharão para desenvolver uma infraestrutura de ativos digitais com foco em melhorar o status da Ucrânia como um país digital inovador no mercado financeiro da Europa Oriental.

Falando sobre a colaboração com a Stellar, Oleksandr Bornyakov, o Vice-Ministro de Transformação Digital e TI, disse:

“O Ministério da Transformação Digital está trabalhando na criação do ambiente legal para o desenvolvimento de ativos digitais na Ucrânia. Acreditamos que nossa cooperação com a Stellar Development Foundation contribuirá para o desenvolvimento da indústria de ativos virtuais e sua integração ao ecossistema financeiro global.”

A Stellar já havia revelado que pretendia ser uma plataforma para governos emitirem suas moedas digitais (CBDCs). De acordo com o fundador da Stellar, Jed McClaeb, a plataforma blockchain já estava conversando com vários governos cujo os bancos centrais estavam dispostos a emitir suas moedas digitais nacionais utilizando a rede blockchain da Stellar.

A plataforma se torna um dos poucos projetos de blockchain públicos escolhidos por autoridades governamentais para o desenvolvimento de uma CBDC.

O Vice-Ministro de Transformação da Ucrânia enfatizou a importância de criar uma moeda digital nacional, considerando que “a maioria dos países líderes do mundo” já estão desenvolvendo a sua própria.

O Banco Nacional da Ucrânia está cogitando a ideia de implementar uma CBDC desde 2017, disse Bornyakov.

Esta não é a primeira vez que a Stellar foi nomeada a rede blockchain preferida para um projeto de ativo digital. Em dezembro, um dos bancos mais antigos do mundo, o Bankhaus von der Heydt, fez parceria com o provedor de tokenização para emitir uma stablecoin lastreada em euro na rede Stellar, o EURB.

O memorando descreve o foco central da parceria da seguinte forma:

  • Cooperação no desenvolvimento do mercado de ativos digitais na Ucrânia;
  • Prestação de suporte a projetos relacionados a ativos digitais;
  • Implementação e regulamentação da circulação de uma stablecoin na Ucrânia; E
  • Facilitação do desenvolvimento da moeda digital do Banco Central da Ucrânia.

“Acreditamos que os ativos digitais e as moedas digitais nacionais são uma das inovações mais importantes de nossas vidas e estamos entusiasmados em desempenhar um papel na criação da infraestrutura de ativos digitais da Ucrânia”, disse Denelle Dixon, CEO e diretora executiva da Stellar Development Foundation.

“Por meio da liderança do Ministério, a Ucrânia demonstrou seu compromisso em promover um ambiente de inovação para a economia digital. Estamos ansiosos para trabalhar com o Ministério e outras partes interessadas para digitalizar a moeda, para levar ferramentas e serviços baseados em Stellar para as pessoas e empresas da Ucrânia, e para introduzir novas oportunidades de parceria na Ucrânia para empresas no ecossistema Estelar.”

Um Stellar lançará oficialmente um cronograma de atividades com o governo da Ucrânia no final deste mês.

A criptomoeda Stellar, vale lembrar, é uma tecnologia de pagamentos de código aberto que compartilha várias semelhanças com o Ripple. A moeda é, na verdade, um fork da XRP, ou seja, uma cópia. A rede de pagamentos suporta o uso de seu ativo nativo chamado Lumens (XLM).

Após o anuncio a criptomoeda XLM valorizou mais de 30%, chegando a ser negociada por US$ 0,17.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Baleia Bitcoin. (Imagem: Adobe Stock)

Baleias movem R$10 bilhões em duas transações após correção do Bitcoin

Após o preço do Bitcoin voltar para a região dos 60 mil dólares depois de ter quebrado sua alta máxima de 66 mil, duas...

Cazaquistão sofre crise de energia devido à mineração de Bitcoin

Devido a proibição da atividade de mineração na China, o segundo país que recebeu mais mineradores foi o Cazaquistão, ficando atrás apenas dos EUA,...
Homem segurando criptomoedas em mão

Secretários de Macaé são acusados de enriquecimento ilícito e investimentos “elevados” em criptomoedas

Alguns secretários municipais de Macaé foram acusados em redes sociais de obter enriquecimento ilícito e negociar criptomoedas, obtendo para si vantagens indevidas. A negociação de...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias