Unick Forex é uma das empresas com maior número de reclamações no Reclame Aqui

Quase 10 mil reclamações nos últimos dois meses.

Siga no

A Unick Academy (antes Unick Forex), empresa que atualmente enfrenta problemas para pagar seus usuários, entrou para o ranking do Reclame Aqui como uma das empresas com o maior número de reclamações no mês.

A empresa que já recebeu três alertas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) por oferecer irregularmente opções de investimento, foi a décima primeira colocada no ranking do site que registra insatisfação de clientes.

Ao todo, a Unick recebeu 4064 reclamações no mês de agosto, mais reclamações que grandes empresas, como Americanas, Claro e Banco Santander, por exemplo.

Ranking Reclame aqui Agosto.
Ranking Reclame aqui Agosto.

“Meu dinheiro de volta por favor”, diz um usuário que tenta reaver o valor investido na plataforma. “Cancelamento e extorno”, diz outro. Nos últimos dois meses, a Unick recebeu mais de 8 mil reclamações, a maioria delas relacionadas a impossíbilidade de saques na plataforma que alguns usuários estão enfrentando.

Recentemente a Unick interrompeu seus sistemas para uma atualização, isso fez com que os clientes ficassem impossíbilitados de realizar saques por 10 dias. Quando voltou, a empresa anunciou uma enxurrada de novos serviços, como seguros, cosmédicos e consórcios. A novidade, no entanto, não parece ter agradado a todos. Pois, o principal problema não havia sido resolvido ainda, os saques. As reclamações continuaram.

Os problemas de saques vêm se arrastando desde o inicio de julho, quando começaram a surgir as primeiras reclamações no Reclame Aqui. Usuários começaram a solicitar cancelamentos de contas, mas enfrentavam um longo tempo para no fim, ver uma mensagem de extorno ou cancelamento do saque.

A Unick, primeiro, culpou o sistema de terceiros que usava para realizar transferências, depois, disse que precisava atualizar o sistema, agora, segue afirmando que nenhum usuário ficará sem receber. Mas o número de reclamações no Reclame Aqui subindo dessa forma liga um alerta para o contrário.

Em grupos de Whatsapp e Facebook é comum ver reclamações de usuários da empresa que estão aguardando receber. Do outro lado, a Unick diz que vai vencer essa fase e sair mais forte.

Outro fato que chama a atenção é a classificação da empresa que caiu de 8.5 (ótimo) para 6.4 (regular). De acordo com informações do próprio Reclame Aqui, a classificação de uma empresa é baseada em alguns critérios, são eles:

  • Índice de Resposta (IR) – Porcentagem de reclamações respondidas, sendo que apenas a primeira resposta é considerada;
  • Média das Avaliações (Nota do Consumidor) (MA) – Leva em consideração apenas reclamações finalizadas e avaliadas. Corresponde à média aritmética das notas (variando de 0 a 10) concedidas pelos reclamantes para avaliar o atendimento recebido.
  • Índice de Solução (IS) – Leva em consideração apenas reclamações finalizadas e avaliadas. Corresponde à porcentagem de reclamações onde os consumidores, ao finalizar, consideraram que o problema que originou a reclamação foi resolvido. Essas reclamações são representadas pelo ícone de status verde. (Clique AQUI e saiba mais);
  • Índice de Novos Negócios (Voltaria a fazer negócios?) (IN) – Leva em consideração apenas reclamações finalizadas e avaliadas. Corresponde à porcentagem de reclamações onde os consumidores, ao finalizar, informaram que, sim, voltariam a fazer negócios com a empresa.

Se a Unick vai pagar ou não seus usuários nos próximos dias, ainda é um mistério, mas seja como for, recuperar uma reputação no Reclame Aqui ou na internet de modo geral não é uma tarefa fácil.

Muito comum este fenômeno onde os usuários desacreditados em alguma empresa começam a solicitar saques em massa, colocando em xeque a líquidez da compania. Isso aconteceu recentemente com uma corretora de criptomoedas brasileira, e está acontecendo também com outra empresa que oferecia rendimentos em Bitcoin.

Seja como for, a lição que fica é clara. Bitcoin só na carteira. Este é o propósito da moeda digital, não depender de intermediários.

Leia mais sobre:
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br

Comércio de Bitcoin na China aumenta, apesar de ser banido

Em 2017, a China fechou corretoras locais de criptomoedas, sufocando um mercado especulativo que era responsável por grande parte do comércio global de criptomoedas....
Divulgação/Goldman Sachs

Goldman Sachs reabre mesa de negociação de Bitcoin

A recente alta do Bitcoin reacendeu o interesse de diferentes players no criptomercado, com fontes afirmando que a Goldman Sachs, um dos nomes mais...
Bitcoin em fevereiro de 2021

Bitcoin foi o ativo com melhor desempenho em fevereiro, ouro e B3 em queda

O preço do Bitcoin teve alta de 42% em fevereiro, sendo o melhor ativo do mês. Ao contrário do desempenho da moeda digital, ativos...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Goldman Sachs reabre mesa de negociação de Bitcoin

A recente alta do Bitcoin reacendeu o interesse de diferentes players no criptomercado, com fontes afirmando que a Goldman Sachs, um dos nomes mais...

Bitcoin foi o ativo com melhor desempenho em fevereiro, ouro e B3 em queda

O preço do Bitcoin teve alta de 42% em fevereiro, sendo o melhor ativo do mês. Ao contrário do desempenho da moeda digital, ativos...

Província da China vai banir mineração de Bitcoin por causa do impacto ambiental

A emissão de gases de carbono é uma grande preocupação atualmente, sendo classificado como o principal causador do efeito estufa e um dos motivos...

Desenvolvedores voltam a atualizar Dogecoin

No meio da alta recorde das criptomoedas no ano passado, a Dogecoin (DOGE) se destacou como uma ovelha negra. Ela valorizou 2100% no intervalo...

Citibank: Bitcoin pode se tornar uma moeda de comércio global

O Bitcoin está em um "ponto de inflexão" e pode se tornar a moeda preferida para o comércio internacional, disseram analistas do gigante bancário...