Inicio Criptomoedas Unick Forex ganha mais tempo para apresentar defesa contra acusações da CVM

Unick Forex ganha mais tempo para apresentar defesa contra acusações da CVM

Empresa foi intimada a apresentar esclarecimento em até 45 dias contra investigação da comissão.

-

Compartilhe
Unick Forex ganha mais tempo em processo da CVM

A Unick Forex solicitou prorrogação de sua defesa diante das recentes indagações da CVM. Com o pedido, a empresa espera ganhar mais tempo para formular a sua defesa perante a comissão. Inicialmente o prazo para a Unick Forex ser ouvida era de 45 dias de acordo com a CVM. Com o prazo inicial chegando ao fim, a empresa buscou recursos para conseguir mais tempo diante da investigação.

A CVM intimou a empresa após denúncias relacionadas as atividades da Unick Forex, investigada por oferecer produtos relacionados a investimentos. Sem licença para atuar legalmente no Brasil, a empresa estaria cometendo irregularidades passíveis de investigação por parte da CVM.

Prazo para a Unick Forex terminava neste domingo (7)

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) intimou a Unick Forex a prestar esclarecimentos sobre suas atividades no Brasil. Essa comissão é responsável por fiscalizar e deliberar as atividades de empresas relacionadas ao setor financeiro no país. Após emitir um comunicado contra a Unick Forex, a CVM decidiu então convocar os responsáveis pela empresa.

O prazo para a Unick Forex apresentar sua defesa estava para ser esgotado no próximo domingo (7). Ao se aproximar desta data, a empresa decidiu pedir uma prorrogação do prazo de apresentação de defesa. A manobra permitirá que a Unick Forex tenha mais tempo para a empresa formular seus argumentos diante da comissão.

Unick Forex terá mais 45 dias de prorrogação

A empresa Unick Forex conseguiu adiar sua apresentação de defesa diante da CVM. A empresa realizou o pedido através de ofício encaminhado ao órgão. Após a apresentação do pedido de prorrogação do prazo de defesa, a CVM decidiu acatar o desejo da Unick Forex. Com a decisão, o prazo que terminaria neste domingo (7) será estendido.

Com mais tempo para cumprir a intimação, a empresa deverá formular sua defesa para que supostas irregularidades sejam avaliadas pela CVM. De acordo com recente publicação, a Unick Forex passará a contar com um prazo maior, de cerca de 45 dias a mais. Com essa nova decisão, a Unick Forex deverá apresentar sua defesa até o dia 20 de agosto de 2019, data limite para a prorrogação da intimação da CVM contra a empresa.

Nos autos do processo consta o nome da Unick Forex. Além do nome da empresa, três pessoas foram indiciadas na ação. No entanto, até então somente um dos réus constituiu defesa ao apresentar advogado. Foi este mesmo acusado que pediu a prorrogação da apresentação de defesa a CVM.

“Defiro o pedido e fixo nova data para apresentação de defesa em 20/08/2019 para todos os acusados no processo.”

Empresa não está autorizada pela CVM para atuar no Brasil

De acordo com a CVM, a Unick Forex não possui autorização para atuar no mercado de valores mobiliários no Brasil. Dessa forma, a comissão decidiu intimar a empresa para maiores esclarecimentos sobre as atividades irregulares. No dia 23 de maio de 2019 uma intimação mostrava que a Unick Forex teria 45 dias para apresentar defesa contra um processo administrativo sancionador movido pela CVM.

Naquela data ficou estabelecido o prazo para a defesa da empresa diante da comissão fiscalizadora. De acordo com o documento publicado pela CVM em maio, a Unick Forex deveria apresentar uma defesa escrita no prazo estabelecido pela intimação. Contudo, este prazo foi alargado pela empresa, que pediu a recente prorrogação da entrega da defesa contra a intimação publicada pela CVM.

Curta nossa página no Facebook e também no Twitterpara começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.

MAIS LIDOS

Congressistas entendem a diferença entre a Libra e o Bitcoin

A criptomoeda Libra tem sido associada ao Bitcoin, entretanto, há diferenças entre os projetos. De acordo com Charlie Shrem, os congressistas dos EUA conseguem...

Como ganhar dinheiro com a volatilidade do bitcoin

O Bitcoin é um ativo bastante volátil, ele possui mais de 63% de volatilidade anual. Isso significa que ele pode retrair ou expandir 63%...

Bitcoin atinge R$ 1 bilhão em negociações no Brasil e quebra recorde na América Latina

O Brasil registrou mais de R$ 1 bilhão em negociações envolvendo o bitcoin. A criptomoeda vive um importante momento de expansão na América Latina....

Hacker invade corretora de criptomoedas e rouba mais de R$ 120 milhões

Na última quinta-feira (11) a Bitpoint sofreu um duro ataque hacker em sua plataforma. A corretora de criptomoedas perdeu mais de R$ 120 milhões...

Clientes da Indeal defendem empresa

Após uma investigação da Polícia Federal, os negócios da Indeal deixaram de ser operados em todo o Brasil. A investigação resultou na prisão de...

Bitcoin vai subir? Trader aponta U$ 16 mil em breve

Na última semana o preço do Bitcoin em real ultrapassou os R$ 50 mil, a desvalorização veio forte. No momento da escrita deste, a...
 

COMENTÁRIOS

MAIS LIDOS

Congressistas entendem a diferença entre a Libra e o Bitcoin

A criptomoeda Libra tem sido associada ao Bitcoin, entretanto, há diferenças entre os projetos. De acordo com Charlie Shrem, os congressistas dos EUA conseguem...

Como ganhar dinheiro com a volatilidade do bitcoin

O Bitcoin é um ativo bastante volátil, ele possui mais de 63% de volatilidade anual. Isso significa que ele pode retrair ou expandir 63%...

Bitcoin atinge R$ 1 bilhão em negociações no Brasil e quebra recorde na América Latina

O Brasil registrou mais de R$ 1 bilhão em negociações envolvendo o bitcoin. A criptomoeda vive um importante momento de expansão na América Latina....

Hacker invade corretora de criptomoedas e rouba mais de R$ 120 milhões

Na última quinta-feira (11) a Bitpoint sofreu um duro ataque hacker em sua plataforma. A corretora de criptomoedas perdeu mais de R$ 120 milhões...

Clientes da Indeal defendem empresa

Após uma investigação da Polícia Federal, os negócios da Indeal deixaram de ser operados em todo o Brasil. A investigação resultou na prisão de...
Compartilhe