Urgente: Mais de mil servidores Ethereum podem estar sob ataque

Siga no

A segunda maior moeda digital em valor de mercado está enfrentando um grave problema nas últimas horas de 2019. Isso porque, segundo uma informação da Parity Technologies mais de mil servidores Ethereum podem estar sob ataque.

Mediante a investigação da Parity, foi lançado um novo código com as correções para o possível bug. Mesmo assim, quem roda os “servidores” Ethereum da Parity devem buscar atualizar seus programas imediatamente.

O erro tem relação com alguns servidores (nodes) não sincronizarem os novos blocos gerados na rede da moeda. Para uma blockchain, o problema é grave e deve ser resolvido o mais rápido possível.

Servidores Ethereum podem estar sob ataque em véspera de ano novo

A Parity Technologies, empresa responsável pela criação e manutenção de um servidor Ethereum, informou que há um problema na sua infraestrutura. De acordo com duas atualizações, lançadas no dia 31 de dezembro de 2019, a Parity confirmou a vulnerabilidade.

Em nota, a empresa afirmou que houve a detecção de que novos blocos gerados na rede Ethereum não estavam sendo sincronizados com os servidores Parity. Tais servidores, também conhecidos por nodes, representam mais que 22% de todos os existentes na rede.

A rede Ethereum possui cerca de 7,500 nodes, de criação feita por diferentes empresas. O que mais possui participação é o geth, representando 75% da rede Ethereum, de acordo com a EtherNodes. Neste sentido, ainda que a ameaça de ataque dos nodes Parity não represente o maior problema para a rede, ainda é considerável a vulnerabilidade.

Quantidade total de servidores Ethereum que podem estar sob ataque
Quantidade total de servidores Ethereum que podem estar sob ataque – Imagem/EtherNodes

A empresa por trás do desenvolvimento convoca a todos os 1,682 detentores de nodes Parity que atualizem seus softwares imediatamente. O caso é sério e pode trazer impacto para os preços da Ethereum caso a vulnerabilidade traga problemas para a rede.

Segurança de redes blockchain públicas dependem de nodes ativos e seguros

De fato, os nodes de uma blockchain pública devem ser muitos, e sempre o mais atualizados possível. Isso porque, como não possuem entidades centralizadas para manutenção da rede, as informações salvas em nodes são fundamentais para o futuro de uma blockchain.

A segurança desta rede depende de mineração Proof Of Work, semelhante ao Bitcoin. Além disso, a guarda das informações em nodes é o segundo ponto fundamental para manter a rede segura.

Cabe o destaque que a Ethereum é a segunda maior rede blockchain em market cap e uma das cinco maiores em quantidade de nodes. A Ethereum possui mais nodes até que a Lightning Network, sidechain do Bitcoin.

Em resumo, a vulnerabilidade encontrada nas últimas horas de 2019 é grave, devendo ser corrigida ainda nas próximas horas com a ajuda dessa comunidade. Para essa correção, foram lançadas as atualizações v2.6.8-beta e v2.5.13-stable no GitHub oficial da Parity.

Apesar de ser uma empresa com vulnerabilidade que poderia afetar a rede Ethereum, a Parity é uma organização separada da Ethereum Foundation. Mesmo assim, toda a comunidade está envolvida na solução deste problema, que não afetou os preços da Ethereum (ETH) ainda.

Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Bitcoin, altcoins e tokens ganham código próprio no IRPF2021

Olá Bitcoiners! Chegou aquela época do ano à qual temos que passar de qualquer forma, momento de dor para alguns, mas também de alívio para...

Elon Musk pode levar Dogecoin à Lua, literalmente

Elon Musk, um dos homens mais ricos do mundo, tem muita criatividade e dinheiro sobrando, algo que geralmente acaba em ideias malucas. Em um...

Elite do bitcoin gasta fortunas para comprar memes colecionáveis

Os tokens não-fungíveis, também chamados de NFT, são conhecidos no mercado de criptomoedas desde 2017, quando surgiram os CryptoKitties. A febre foi tão grande...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias

Elon Musk pode levar Dogecoin à Lua, literalmente

Elon Musk, um dos homens mais ricos do mundo, tem muita criatividade e dinheiro sobrando, algo que geralmente acaba em ideias malucas. Em um...

Elite do bitcoin gasta fortunas para comprar memes colecionáveis

Os tokens não-fungíveis, também chamados de NFT, são conhecidos no mercado de criptomoedas desde 2017, quando surgiram os CryptoKitties. A febre foi tão grande...

Governantes estão assustados com o Bitcoin, diz Robert Kiyosaki

Em várias publicações pelo Twitter nos últimos dias, Robert Kiyosaki defendeu o Bitcoin como um ativo seguro. Segundo ele, os novos ataques dirigidos por...

Coluna do TradingView: Criptomoedas começam forte correção, é motivo para se preocupar?

Analistas trazem seu ponto de vista sobre os movimentos corretivos iniciados nessa semana com foco no Bitcoin. Confira as análises do TradingView: Crypto Investidor O Bitcoin deve buscar...

Agora você pode comprar galinha caipira com Dogecoin

Uma granja de galinhas caipiras começou a aceitar criptomoedas como pagamento no Brasil, sendo a Dogecoin uma das opções. De início, a operação até...