Usina hidrelétrica centenária decide que minerar Bitcoin é mais lucrativo que vender eletricidade

A usina ficou abandonada por anos antes de passar a ser administrada pela Albany Engineering Corp e ser reformada para voltar a funcionar.

Siga no

Uma usina hidroelétrica construída em 1897 decidiu usar o seu poder para se alinhar com novas tecnologias, trazendo mais lucro para a histórica instalação. De acordo com Albany Times Union, a usina de Mechanicville, Nova York, operada pela Albany Engineering Corp, está minerando Bitcoin com parte da sua produção de energia.

A usina, uma das mais antigas produtoras de energia renovável do mundo ainda continua funcionando. No entanto, vender eletricidade para a rede nacional não é tão lucrativo quanto a mineração de Bitcoin.

Por enquanto a usina está apenas experimentando a mineração de Bitcoin, usando equipamentos usados e dedicando parte da produção de energia à mineração da criptomoeda, enquanto a usina ainda alimenta o grid nacional.

“Nós acreditamos que essa é a mais velha fonte de energia renovável do mundo e ainda está funcionando. Provavelmente podemos fazer mais dinheiro com o Bitcoin do que vendendo eletricidade para a rede nacional.”

Segundo a administração da usina eles ganham 3 centavos por Kilowatt/hora ao vender a energia. Já com a mineração de Bitcoin, é possível ganhar três vezes mais. No entanto a empresa não é uma detentora de Bitcoin, convertendo os bitcoins minerados em dinheiro toda a semana. Besha diz ser cético em relação ao Bitcoin como investimento de longo prazo, ele minera a moeda apenas para ganhar dinheiro.

“Essa é a melhor forma de minerar Bitcoin porque nós estamos usando energia renovável. Nós estamos fazendo isso apenas de forma paralela, experimentando a mineração. Estamos comprando equipamentos usados.”

A usina ficou abandonada por anos antes de passar a ser administrada pela Albany Engineering Corp e ser reformada para voltar a funcionar.

Segundo o CEO, Besha, a sua vontade é ganhar dinheiro vendendo energia renovável. Mas esse plano é atrapalhado por décadas de batalha contra a rede nacional de energia, através de diversos processos sobre contratos não cumpridos.

O caso é curioso, afinal, temos uma usina elétrica (mesmo que histórica e pequena), usando sua energia para minerar Bitcoin como uma forma mais lucrativa. No entanto, resta saber como as novas leis contra mineração que estão sendo propostas em Nova York podem afetar a atuação da usina.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

O Ethos de um Bitcoinheiro

Desde que eu caí na toca do coelho, algo sempre chamou a minha atenção: como os bitcoinheiros possuem um ethos próprio bastante particular. Primeiro,...
Moedas físicas de Bitcoin em várias cores

Fundo de Investimentos em Cingapura anuncia compra de Bitcoin “físico”

Um fundo de investimentos baseado em Cingapura anunciou uma nova compra de Bitcoin "físico", o que causou surpresa no mercado local. O setor financeiro tradicional...
Jogador do Flamengo Gabriel Barbosa

Token do Flamengo despenca após derrota para o Palmeiras na Libertadores

Nas últimas 24 horas, o fan token do Flamengo despencou mais de 27%, após o clube ser derrotado pelo Palmeiras na final da Copa...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias