Investidor perde R$ 3 milhões e MetaMask emite alerta para usuários da Apple

Na oportunidade, a vítima recebeu diversas mensagens de texto, pedindo que ele mudasse sua senha. Mais tarde, recebeu ligações de um número que se passava pela Apple, desta vez pedindo o código de dois fatores.

Homem espantado ao olhar para tela de computador.
Homem espantado ao olhar para tela de computador.

Após um usuário ter sua carteira de Ethereum esvaziada por hackers, totalizando um prejuízo de 3 milhões de reais, a MetaMask emitiu um alerta para usuários da Apple que utilizam o iCloud.

Sendo uma das carteiras mais utilizadas por usuários de Ethereum, tokens e NFTs, a MetaMask tem sido alvo constante em relação a golpes. Portanto, o melhor conselho é cuidar da segurança de seu dinheiro.

Para o usuário roubado, tal alerta da MetaMask seria uma admissão de culpa em relação a sua perda. Contudo, é improvável que a empresa assuma tal responsabilidade e/ou cubra os prejuízos da vítima já que a mesma foi quem forneceu acesso a carteira.

Usuário perde R$ 3 milhões em Ethereum e NFTs

Segundo informações do Serpent, fundador da Sentinel, tal ataque em questão começou na sexta-feira (15). Na oportunidade, a vítima recebeu diversas mensagens de texto, pedindo que ele mudasse sua senha. Mais tarde, recebeu ligações de um número que se passava pela Apple, desta vez pedindo o código de dois fatores.

Após convencer a vítima a fornecer tal código, os golpistas conseguiram acessar sua conta. Como consequência, acessaram sua carteira da MetaMask e sumiram com o equivalente a 3 milhões de reais em NFTs e ETH.

Carteira da vítima que perdeu R$ 3 milhões em ataque através da MetaMask e iCloud.

Finalizando, Serpent nota que a MetaMask salva um arquivo com a frase semente, que dá acesso aos fundos, no iCloud. Portanto, caso alguém tenha acesso a este sistema de armazenamento em nuvem da Apple, também terá acesso às suas criptomoedas.

MetaMask emite alerta sobre golpe a usuários da Apple

Já neste domingo (17), a própria MetaMask fez um alerta aos seus usuários que possuem dispositivos da Apple. Segundo este, embora o arquivo de backup da carteira seja criptografado, senhas fracas podem ser quebradas facilmente.

Seguindo, a empresa afirma ser possível desativar a opção de backup automático. Contudo, é altamente recomendável que a frase semente — que contém 12 palavras — seja guardada em outro local, afinal ela é a garantia que você terá acesso aos seus fundos caso perca seu dispositivo.

“Você pode desativar os backups do iCloud para MetaMask especificamente desativando a alternância aqui: Configurações > Perfil > iCloud > Gerenciar armazenamento > Backups.

Se você quiser evitar que o iCloud o surpreenda com backups não solicitados no futuro, você pode desativar esse recurso em: Configurações > Apple ID/iCloud > iCloud > Backup do iCloud.”

Tuítes da MetaMask sobre nova vertente de ataque a usuários de criptomoedas que usam dispositivos da Apple.

Por fim, o Twitter pessoal da vítima, Domenic Iacovone, parece um muro de lamentações com diversos tuítes que afirmam que a MetaMask teve culpa na perda de seus 3 milhões de reais em criptomoedas. Até o momento não há confirmação de que outros usuários caíram neste mesmo golpe.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias