“Vendo muita prata por Bitcoin”, afirma vendedor do metal no Brasil

Ativo é considerado boa reserva de valor por muitos investidores.

Siga no
Reau prata pura. Imagem: Twitter
Reau prata pura. Imagem: Twitter

Considerado como uma boa reserva de valor, a prata começou o ano de 2021 atraindo atenção de investidores. Com a alta no interesse pela prata, um vendedor brasileiro afirmou que vende muita prata por Bitcoin.

Sites especializados pelo mundo estão enfrentando problemas com a nova demanda pelo metal. Alguns sites chegaram a ficar com problemas de conexão nos últimos dias, devido principalmente a quantidade de acessos.

Outras plataformas de venda de prata começaram até a estipular valor mínimo e máximo de ordens, mostrando uma corrida de touros para a prata. Com a alta dos últimos dias, a prata já valorizou 11% em 2021 em relação ao dólar.

Vendedor de prata e ouro afirmou que vende muito em Bitcoin

Conhecido na comunidade Bitcoin, Avelino Morganti agora destina boa parte de seus esforços para a comercialização de ouro e prata. Fã declarado dos metais, Avelino hoje tem uma loja para atender a demanda no Brasil.

Em conversa com o Livecoins, ele comentou sobre o momento da prata nos últimos dias. Com a alta na demanda, ele está pedindo até 20 dias para entregar o metal aos clientes.

“Está sendo difícil suprir o estoque da prata física. Eu importo, porque o Brasil não produz prata. Três dos meus fornecedores lá fora disseram que estão sem. Os outros fornecedores foram forçados a aumentar o preço devido ao aumento no preço spot. Estou trabalhando com 20 dias úteis de entrega devido a grande demanda que tive”, comentou Avelino.

De acordo com Avelino, 35% das vendas de prata que realiza hoje são em troca de Bitcoin. Apesar de ter se afastado do mercado de criptomoedas, Avelino ainda é conhecido no meio.

Prata ReAu. Morganti's Joalheria
Prata ReAu. Morganti’s Joalheria

O entusiasta da prata acredita que o metal é hoje uma ótima reserva de valor.

“Com toda certeza [é uma reserva de valor]. Assim como o ouro, a prata é um ativo usado também em crises e como proteção da inflação. Por ser escassa e ter mais usos industriais que o ouro (cerca de 60% da prata minerada vai para indústria). Geralmente, nas bullruns de metais a prata tende a valorizar mais que o ouro”, acredita o comerciante.

Prata é mais volátil que ouro: “é como uma altcoin”

Apesar do bom momento da prata nos mercados, o vendedor afirmou que a prata é um ativo de mais risco, quando comparado ao ouro. Na sua visão, o ouro seria o equivalente ao Bitcoin, sendo a prata como uma altcoin.

“Em relação ao Ouro é como uma altcoin. Tem menos liquidez e é mais volátil, mas tende a fazer movimentos mais agressivos, tanto para baixo, quanto para cima”, citou o vendedor

Avelino acredita que a prata, assim como ouro e Bitcoin, são ótimas ferramentas de proteção contra crises. Na sua visão, o Bitcoin é um aliado da prata neste momento.

“Em relação ao Bitcoin, vejo como um aliado, junto com o ouro na reserva de valor e proteção contra crises e governos”, finalizou Avelino

Para comemorar o bom momento, Avelino até gravou uma live sobre a prata no último domingo (31/01). Em conversa com os seguidores, ele comemorou o bom desempenho do metal neste início de ano.

Corretora lançou tokens de prata com alta no interesse pelo metal

A prata surge em 2021 como um dos ativos a compor a reserva de valor para proteção contra inflação. Até Peter Schiff, que é um famoso defensor do ouro, acredita que a prata é um bom investimento.

Com a alta do metal, muitos investidores buscam a informação de como comprar prata, no Brasil e no mundo. No Brasil, por exemplo, o mercado ainda vê mais dificuldade no setor, uma vez que o país não é um produtor do metal.

Para ajudar investidores do mundo, a corretora FTX lançou tokens de prata nos últimos dias. De acordo com o Crypto Briefing, que conversou com o CEO da FTX, o momento positivo da prata tem relação com as ações da GameStop.

Desde a última quinta-feira (28/01), os tokens de prata da FTX já valorizaram 20%. Na FTX, usuários podem comprar tokens de prata e também futuros do metal, usando até criptomoedas para isso.

Para Avelino, a compra de prata por tokens ainda é uma prática mais arriscada. De acordo com ele, caso a corretora que lista os tokens não tenha o lastro no metal, pode enfrentar problemas. O mesmo problema pode ser visto em ações, ETFs e fundos de prata.

“O problema dos tokens é que eles podem não ter lastro, é algo difícil de auditar. E o preço do metal físico é sempre mais caro que papel ou contratos. Eu acho que a questão dos tokens, papéis, fundos e ETFs são uma bomba relógio. Eventualmente serão forçados a comprar o metal físico (que é muito mais caro) e se não conseguirem, podem quebrar”, afirmou Avelino.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Gráfico de preço da Cardano em alta

Cardano líder em número de desenvolvedores? Não caia nessa!

Um estudo de atividades no GitHub, principal repositório do código-fonte das criptomoedas, mostrou a Cardano na liderança nos últimos 12 meses. Os dados foram...

DeFi: três setores de grande potencial

De acordo com dados da Messari, o volume trimestral das Corretoras Descentralizadas (DEXs) no final do segundo trimestre de 2021 foi de R$ 2...
Criptomoeda Tether com sinais vermelhos

Michael Burry faz alerta sobre criptomoeda Tether

O lendário trader Michael Burry compartilhou em seu Twitter que a criptomoeda Tether pode estar no meio da confusão da Evergrande na China. Vale notar...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias