Venezuela aceitará pagamento de impostos com criptos

A Venezuela só vê a sua situação piorar a cada dia que passa no campo da economia, e a medida para tentar resolver o problema é aceitar moedas diversas.

O país sul americano sofre com os problemas da inflação descontrolada, e a moeda fiat nacional, o Bolivar, não tem mais quase valor nenhum. A medida da criação da Petro também surtiu pouco ou quase nenhum efeito na resolução do problema.

Visto isso, agora a Venezuela vai aceitar todas as moedas para pagamento de impostos no país, desde criptomoedas a moedas fiat estrangeiras.

A medida foi publicada no Diário Oficial Extraordinário do país no último dia 28 de Dezembro, mas chegou a ser anunciado apenas dia 07 de janeiro, conforme apurou o website local NoticiasVenezuela.

O decreto presidencial foi feito em tom de Emergência Econômica, e afirma que as instituições bancárias do país deverão se adequar ao mesmo, com as normas a serem emitidas pela Superintendência de Instituições do Setor Bancário (Sudeban).

----- Publicidade ------ 
BitcoinTrade
-----

Para o cidadão que por um caso pagar os impostos de forma duplicada, ou ter direito a restituição ou recuperação dos tributos, a mesma será feita através da moeda nacional com a cotação da data do pagamento realizado, medida estabelecida no decreto que já está em vigor.

A administração tributária do país que ditará os regulamentos que estabelecem as formalidades para declaração e pagamento em moeda estrangeira ou criptomoeda.

Há rumores que serão aceitas as criptos que a população possuir, igualmente as moedas estrangeiras, o que deixa claro que o país quer receber os impostos de todas as formas possíveis.

Em alguns municípios a moeda Petro será ainda utilizada como unidade de conta, como Vargas e Maracaibo já deixaram claro. Uma Petro como unidade de conta é o equivalente a 9 mil bolívares no país.

A Petro também poderá ser utilizada para pagamento de tributos, e também definirá o valor minímo dos impostos a serem pagos pelas pessoas.

As criptomoedas descentralizadas não foram criadas com intuito de serem utilizadas para pagamento de tributos para governantes, muito pelo contrário, foram criadas com propósitos de serem livres de estados em sua maioria, e a nova medida drástica da Venezuela mostra que o interesse na tecnologia por países em crise é grande.

XDEX: Negocie bitcoin com TAXA ZERO. Aproveite também para negociar outras 6 criptomoedas com as menores taxas do mercado. Abra sua conta, é grátis!