Vereadora de Curitiba diz que criptomoedas fizeram cidade ser destaque no exterior

Além de Curitiba no Sul do Brasil, João Pessoa no Nordeste também estuda setor.

Destaque no exterior, em países como França e Itália, a cidade de Curitiba é mais uma a estudar formas de adoção das criptomoedas como meio de pagamento, com uma vereadora se mostrando feliz com a repercussão do caso.

Na última semana, Curitiba viu a Câmara Municipal aprovar uma sugestão que foi encaminhada ao prefeito, que deve implementar uma forma de aderir às criptomoedas como meio de pagamento para tributos municipais.

A sugestão não é obrigatória, mas é uma forma de parlamentares municipais pedirem atenção para que o executivo atue em determinado setor.

Vereadores de Curitiba comemoraram em plenário destaque de projeto com criptomoedas no exterior

A vereadora Noemia Rocha (MDB) apresentou seu projeto com inspiração no Rio de Janeiro, outra capital que estuda uma forma de aceitar bitcoin e outras criptomoedas.

O projeto carioca indica que corretoras de criptomoedas devem se cadastrar na cidade para colocarem essa opção de pagamento disponível aos seus clientes. Ao receber em criptomoedas, as corretoras devem repassar para a prefeitura do Rio o valor dos tributos em Real brasileiro.

Mas a repercussão positiva da aprovação por Curitiba, em votação simbólica, na semana passada, da indicação ao Executivo para que as criptomoedas sejam aceitas no pagamento de impostos municipais acabou sendo celebrada em plenário.

A autora, vereadora Noemia Rocha (MDB), acredita que Curitiba “com essa leitura de inovação, torna-se referência em países como Itália e França, que repercutiram a notícia do estudo de implantação do uso das criptomoedas“.

João Pessoa também avança no tema das criptomoedas

Na última segunda-feira (24), João Pessoa também recebeu representantes da iniciativa privada e pública em uma sessão especial para tratar do tema das criptomoedas na cidade.

Esse é mais uma capital inspirada pelo Rio de Janeiro a aceitar criptomoedas, embora esteja em fase inicial de discussões atualmente.

De acordo com a Câmara de João Pessoa, o vereador Carlão (PL) explicou que propôs a discussão porque ela é necessária para compreender as novas relações financeiras que estão sendo travadas a partir do mundo digital.

“A modernidade avança com mais rapidez que a segurança e até que criemos mecanismos de proteção, muita gente pode ser enganada. Queremos falar sobre essa realidade e expor que tem muita gente boa trabalhando com isso. Cidades como Miami já criaram sua criptomoeda. No Rio de Janeiro, criaram a possibilidade de pagamento de impostos com criptomoedas.”

O secretário de Ciência e Tecnologia de João Pessoa, Guido Lemos, professor da Universidade Federal da Paraíba, foi a sessão e elogiou a proposta da Câmara Municipal de levar esse debate adiante.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias

Últimas notícias