Vídeo mostra mineradores chineses de Bitcoin desligando equipamentos

Só o tempo dirá como a mudança na concentração dos mineradores geograficamente afetará as economias dos países, bem como o preço do Bitcoin.

Siga no
China bane Bitcoin. Imagem: Adobe Stock
China bane Bitcoin. Imagem: Adobe Stock

A China continua reprimindo a mineração de criptomoedas e não dá sinal que vai recuar. A última ofensiva tem como alvo a província de Sichuan.

De acordo com um porta-voz da plataforma de mineração BTC.Top, os mineradores mudaram para esta província desde que a repressão começou em outros locais. É também uma das províncias onde a mineração depende fortemente da energia hidrelétrica.

Notícias locais revelam que as autoridades ordenaram que todos os mineradores encerrassem suas operações imediatamente.

De acordo Colin Wu, do perfil Wu Blockchain, a repressão tem como alvo principalmente grandes mineradores. Isso ocorre principalmente porque os menores podem ser difíceis de serem encontrados pelas autoridades.

Wu também observou que uma das medidas das autoridades foi cortar o fornecimento de energia às empresas de mineração de criptomoedas. Ele estimou que cerca de vinte e seis empresas de mineração poderiam ser atingidas com a nova ofensiva do governo.

Notícias locais indicam que em províncias como a Mongólia Interior e Xinjiang, as operações de mineração praticamente pararam.

O jornalista também postou um vídeo dos mineradores desligamento seus equipamentos. O vídeo, disse ele, se tornou viral no país.

Embora as origens do vídeo sejam atualmente desconhecidas, o jornalista está se referindo às crescentes restrições na China em relação à mineração de Bitcoin. Na verdade, o país vem conduzindo ataques a instalações de há algum tempo.

Cada vez mais isso tem levado as mineradoras a se deslocarem para outros países em busca de oportunidades de mineração. Parece que a China perderá seu status de hub de mineração de Bitcoin.

A incerteza regulatória e repetidas repressões estão até mesmo levando a população chinesa a perder o interesse nas criptomoedas.

Os usuários do Twitter reagiram rapidamente ao vídeo. Um disse que isso é uma boa notícia, já que as mineradoras agora podem se mudar para países melhores com condições favoráveis.

Ainda assim, a maioria das respostas incluem conversas sobre como essa é uma má decisão do governo. Eles observaram que isso poderia até levar à perda de poder da China.

Outros reagiram com emoticons tristes.

Até agora, as principais províncias da China, incluindo Qinghai, Sichuan e Xinjiang, proibiram a mineração. Também se falou em Yunnan, outra grande província de mineração, pedindo aos mineradores que fizessem as malas.

Só o tempo dirá como a mudança na concentração dos mineradores geograficamente afetará as economias dos países, bem como o preço do Bitcoin.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Trade na Uniswap baleia

Criador da Uniswap quer melhorar negociações de baleias Ethereum

Hayden Adams, o criador da Uniswap quer implementar uma melhoria para as negociações de baleias de Ethereum. Um estudo está sendo feito em conjunto...
US Marshals na vigilância do telhado bitcoin

Polícia americana contrata empresa para armazenar bitcoins apreendidos

A polícia dos Estados Unidos quer guardar os bitcoins apreendidos em operações e para isso, contratou uma empresa especializada, a Anchorage Digital. De acordo com...
Jordan Belfort, o Lobo de Wall Street

“Regulamentação vai fazer Bitcoin disparar”, diz Lobo de Wall Street

Jordan Belfort, mais conhecido como "O Lobo de Wall Street", falou em uma recente entrevista sobre a importância da regulamentação do mercado de criptomoedas. Mas...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias