Volume de Bitcoins negociados na Venezuela bate maior recorde de todos os tempos

Siga no
Imagem: Pixabay

O volume de Bitcoins negociados na Venezuela bateu o maior recorde de todos os tempos. Mais de 2.000 bitcoins foram negociados no país que vive uma crise economica.
O volume em bitcoin significam cerca de R$ 25.8 milhões transacionados em apenas uma plataforma peer to peer, a Localbitcoins.

Sabe-se que muito mais negociações ocorrem em corretoras centralizadas, mas elas ficam em países vizinhos, onde os venezuelanos negociam com pesos colombianos ou real brasileiro, tornando mais difícil de fazer estimativas.

A Localbitcoins permite que usuários contornem restrições de dinheiro comum, proporcionando um recorde na adoção de bitcoin no país.

Volume Bitcoin Venezuela

A Venezuela está vendo um aumento significativo no volume de negociação de bitcoins, para ser mais exato, mais de 4 vezes em relação ao mesmo período de 2018.

Provavelmente a principal razão desse aumento é porque o dinheiro venezuelano entrou em total colapso, com a inflação atingindo mais de um milhão por cento.

O país está sob sanções dos EUA, o que potencialmente dificulta a entrada e saída mercadorias. Há também relatos de autoridades venezuelanas confiscando ouro e dinheiro. Então, o bitcoin é uma opção para contornar as sanções e minimizar as chances dos ativos serem apreendidos.

O exemplo mais recente de que o bitcoin pode desempenhar um papel importante veio hoje, com Nicolas Maduro, o polêmico presidente da Venezuela, impedindo a entrada de um carregamento de ajuda humanitária.

Ele alegou que o envio da ajuda era um “cavalo de tróia” para uma invasão liderada pelos EUA, afirmando que “ninguém entrará, nem um soldado invasor“.

Enquanto isso, Juan Guaidó, que afirma ser o presidente em exercício da Venezuela, ao considerar ilegítima a presidência de Maduro, foi apoiado por um parlamentar, Miguel Pizarro, que em uma mensagem aos militares disse:

“Você sabe que há uma linha vermelha, você sabe bem, há um limite, você sabe que medicamentos, alimentos e suprimentos médicos são esse limite.”

O Bitcoin pode potencialmente ajudar a trazer recursos do exterior em pequenas quantidades, pagando diretamente a venezuelanos próximos da fronteira, que poderiam enviar pequenas quantidades de alimentos ou remédios dos países vizinhos.

Como o bitcoin está fora do sistema bancário e não pode ser confiscado, muitos cidadãos têm doado a criptomoeda para instituições de caridade venezuelanas, além de ajudar a alimentar várias famílias.

Isso aumentou consideravelmente a conscientização sobre as criptomoedas no país, com os volumes de negociação refletindo a crescente adoção no que já foi a nação mais rica da América Latina.

Ainda não está claro como esta situação será resolvida, com rumores de que a Rússia está começando a se envolver, Maduro pode perder seu posto.

Os desafios são imensos, seja quem for que administre o país, pois a Venezuela deve somas significativas à Rússia e ainda mais à China, enquanto o PIB caiu 50%.

Os EUA também impuseram sanções ao petróleo, reduzindo ainda mais as potenciais fontes de receita da Venezuela, com milhões de refugiados indo para os países vizinhos.

A adoção de Bitcoin, portanto, pode continuar a aumentar, com os volumes de negociação aumentando após o desafio de Guaido à presidência, atingindo assim o maior recorde de todos os tempos.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br
Departamento de Tesouro dos Estados Unidos

Departamento do Tesouro dos EUA quer ferramenta para rastrear Bitcoin

A agência dos Estados Unidos responsável pela implementação de sanções contra empresas, parte do Departamento do Tesouro, quer uma ferramenta capaz de rastrear o...
Polícia investiga negócio de criptomoedas no ES

Corretora cripto é alvo de operação policial por fraude bilionária

A polícia da Coreia do Sul realizou uma operação em diversos escritórios de uma corretora de criptomoedas após a empresa ter sido acusada de ser...
Criptomoeda Ethereum mãe do DeFi

Banco Central dos EUA elogia Ethereum e inovação com DeFi

O Banco Central dos Estados Unidos de St. Louis publicou um artigo elogiando as inovações da plataforma Ethereum. Ao criar aplicações bancárias com tokens,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias