Youtuber de criptomoedas é acusado de matar estudante de medicina na Paraíba

Homem que matou estudante tem sido associado a golpista dos jogos NFTs no Brasil.

Cabeça de lobo defi com capuz
Cabeça de lobo com capuz

Conhecido entre jogadores de criptojogos no Brasil, o perfil “Lobo Defi” está sendo acusado de ser o mesmo homem investigado por matar uma estudante de medicina na Paraíba, um caso nebuloso que está sendo avaliado por todo o país.

Tudo ocorreu em 12 de março de 2022, quando autoridades da Paraíba prenderam Johannes Dudeck. Na ocasião, ele estavam com uma mulher que havia conhecido recentemente em um apartamento, quando uma confusão começou.

Segundo a apuração da polícia civil, o suspeito telefonou para a chamar apoio visto que a jovem Mariana Thomaz estava tendo convulsões no local e veio a óbito. Um perito então foi encaminhado ao local e constatou indícios de estrangulamento, encaminhando Johannes para delegacia como principal suspeito.

Ele não era namorado da vítima e eles estavam no processo de se conhecer. Ele também é acusado de drogar e cometer crime sexual contra a jovem, com o caso sendo de grande repercussão na justiça da Paraíba.

Quem é Johannes Dudeck?

Principal suspeito do crime bárbaro no Nordeste brasileiro, Johannes Dudeck se apresentava como empresário em público. Na justiça, ele já tinha três passagens por crimes da Lei Maria da Penha, todas contra ex-namoradas e de estelionato.

Dois meses antes de supostamente matar Mariana, ele estava preso a pedido de uma ex-namorada dele. Contudo, após ser solto ele começou o relacionamento com a jovem assassinada.

Vale lembrar que Mariana Thomas tinha apenas 25, era natural do Ceará e estava na Paraíba estudando para o curso de Medicina na Famene. Ela também era prima do ex-presidente do Senado Eunicio Oliveira, atual presidente do MDB no Ceará, que na época manifestou seu apoio a família e criticou o feminicídio no Brasil.

Segundo informações do G1, um projeto de lei de nome Mariana Thomaz foi discutido na Assembleia Legislativa da Paraíba e sancionado pelo governador no dia 19 de maio, um instrumento criado para prevenir que novos casos de violência contra mulheres ocorram no Estado.

Na última terça-feira (31/05), ficou determinado que Johannes Dudeck deverá ir a júri popular.

Informações de criptojogadores afirmam que Johannes Dudeck, o homem acusado de matar a estudante de medicina, é o “Lobo Defi”

Em dezembro de 2021, o perfil chamado Lobo Defi foi acusado de roubar R$ 4 milhões de jogadores de games de NFTs no Brasil. Esse foi inclusive um dos primeiros e maiores golpes neste setor aplicado no país.

Para atrair as vítimas, ele dizia ter pools de jogos NFTs, dizendo que iria compartilhar com os investidores os lucros dos jogos, que passavam por um bom momento na ocasião. Como sumiu com o dinheiro dos investidores, acabou sendo acusado de golpista.

Quando o caso de Mariana Thomaz foi revelado na Paraíba, o canal do YouTube “Tom Games NFT” denunciou que Johannes Dudeck era, na verdade, “Lobo Defi”. Segundo o autor da denúncia, o último vídeo divulgado por Lobo Defi foi justamente no dia 11 de março, 1 dia antes de ser preso e acusado de matar a jovem estudante na Paraíba.

Ainda não está claro se Johannes seja realmente Lobo Defi, mas com as investigações da Polícia Civil da Paraíba podem ser reveladas informações de seu suposto envolvimento com o mercado de criptomoedas e se ele era realmente o golpista dos jogos NFTs no Brasil.

O Livecoins tentou confirmar a identidade do suposto “Lobo Defi” com a PCPB, mas não conseguiu falar com os responsáveis.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias