Brasileiros movimentaram mais de R$ 1 bilhão em Bitcoin nas últimas 24 horas

Binance registrou grande volume com brasileiros observando de perto a queda na cotação das criptomoedas.

Siga no
Corretora de Bitcoin e criptomoedas Binance
Corretora de Bitcoin e criptomoedas Binance

A corretora Binance, uma das maiores do mundo, vem se tornando referência entre brasileiros, registrando, nas últimas 24 horas, quase metade do volume negociado em Bitcoin no Brasil.

O volume total no Brasil, no período apurado, foi um dos maiores dentro de um dia, sendo cerca de R$ 1.1 bilhão (5.415 bitcoins).

A informação foi divulgada pelo CointraderMonitor, que acompanha os preços do Bitcoin nas corretoras brasileiras e também o volume negociado em cada uma delas.

Segundo levantamento, 46% do volume brasileiro de compra e venda de Bitcoin foi dentro da Binance, que negociou 2.535 moedas, cerca de R$ 516.3 milhões.

Desde a chegada da Binance no Brasil, devido ao suporte da corretora a vários pares de negociação, ela conquistou atenção dos investidores.

O Mercado Bitcoin, que antes da chegada da Binance detinha o maior volume, agora se mantém na segunda posição. A corretora negociou 714 bitcoins nas últimas 24 horas, 13,2% do volume total do mercado.

As demais corretoras absorveram os outros 40% de volume negociados pelos brasileiros, que puderam ver o preço do Bitcoin cair abaixo de R$ 200 mil novamente. A queda, que começou na madrugada brasileira, se manteve até o início da manhã, com uma leve recuperação no período da tarde.

De acordo com o CTM, o preço do Bitcoin no Brasil chegou a ser negociado por R$ 213 mil na tarde desta quarta-feira (19), após cair 7% em corretoras pelo mundo todo.

Veja o volume negociado pelas corretoras e os preços abaixo:

O Real brasileiro não é uma das maiores criptomoedas negociadas pelo mundo com Bitcoin, mas o volume em meio a queda foi expressivo. Em um relatório recente, liberado pela Receita Federal do Brasil, os meses de janeiro e fevereiro mantiveram uma média de R$ 15 bilhões negociados.

Ou seja, a quantidade de negociações, apenas nas últimas 24 horas, mostra que brasileiros buscaram trocar suas moedas digitais em corretoras. Alguns aproveitaram para comprar mais Bitcoin, como foi o caso do Favelado Investidor.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

NFT pode “matar” o Bitcoin? Qual a relação entre ambos?

É provável que muita gente conheça os NFTs, regularmente confundidos com “arte digital”. A ação ganhou força após Stephen Curry, astro da NBA, e...
Plataformas NFT e Ethereum empresas

Empresas listadas na bolsa apostam no mercado de NFT

O crescimento do mercado de NFTs tem quebrado barreiras mais rápido do que outros recursos relacionados a blockchain. Hoje até mesmo grandes empresas, listadas...
Dúvida sobre o Bitcoin ser caçado pela China

Mineradores brasileiros comentam banimento de Bitcoin pela China

A proibição de Bitcoin pela China nos últimos dias abalou o mercado, com muitas pessoas ficando preocupadas com isso, menos dois mineradores brasileiros que...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias