2X Trader: mais uma empresa de “arbitragem de bitcoin” na mira da justiça

Parece a A2 Trader, promete rendimentos igual a A2 Trader, tem MMN igual a A2 Trader, mas não é a A2 Trader

Siga no
2X trader
2X trader

2X Trader é a mais nova empresa a entrar na mira da justiça por prometer ganhos com arbitragem em criptomoedas e não honrar pagamentos aos investidores.

A empresa, que tem nome muito parecido com a A2 Traderpirâmide que também prometia rendimentos em criptomoedas – promete rendimentos colossais de 200% sob o valor investido.

A promessa de rendimento em si já é um alerta vermelho para qualquer investidor que esteja atento.

Além de prometer “duplicar o capital investido”, a empresa também trabalha com um modelo de ganho com indicações, o famoso marketing multinível.

Promessas 2X trader
Promessas 2X trader

Modelo similar a empresas que deram cano em clientes

Empresas que oferecem serviço de arbitragem de bitcoin estão se tornando alvos contantes da justiça.

As mais conhecidas deram cano em clientes, escancarando que o modelo é insustentável e mentiroso.

Bons exemplos de empresas que deram cano em investidores são a Atlas, Anubis Trader e Unick Forex, todas operavam modelo de pirâmide sob a falsa promessa de “fazer arbitragem de bitcoin.

Apenas um lembrete, é possível fazer dinheiro com arbitragem? Claro que sim, mas prometer rendimentos diários, garantidos e infalíveis não deu certo até agora.

A 2X Trader, em seu site, diz que é especialista em investir no mercado internacional de criptoativos. E diz também que tem 7 formas de cashback.

2X trader
2X trader

Cliente da empresa investiu 11 mil com promessa de receber o dobro e não conseguiu sacar nem metade

A 2X trader tem aparecido na justiça, na ultima semana surgiram 6 processos citando a empresa, todos pedindo tutela de urgência para ressarcimento de valores.

Em um dos casos, a autora do processo diz que investiu R$ 11 mil, mas só conseguiu sacar R$ 4 mil.

“A autora alega que as rés ofereceram planos para compra de “criptomoedas”; que investiu R$ 11.000,00; e, que só conseguiu resgatar o valor de R$ 4.050,00. Quer a concessão de liminar para que seja determinado o bloqueio “Bacenjud” em contas bancárias das rés no valor de R$ 6.950,00.”

O processo corre na justiça de São Paulo desde o dia 13/12, o juiz não concedeu tutela de urgência alegando que “transações desse tipo [com criptomoedas] têm riscos devido a instabilidade do mercado”.

Parece que a suposta devolução de dinheiro da cliente que acreditou em dinheiro fácil, rápido e garantido vai ter que esperar a empresa se defender.

Cada dia que passa parece que fica mais claro ficar cada vez mais longe de empresas que se dizem trabalhar com arbitragem de bitcoin.

A reportagem do Livecoins entrou em contato com a 2X trader para saber quando os pagamentos serão normalizados. Assim que houver resposta, esta matéria será atualizada.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Youtuber Felipe Neto

Criptomoeda com “potencial imenso” que Felipe Neto investiu derrete 53%

Uma criptomoeda que o youtuber Felipe Neto investiu derreteu 53% e chamou a atenção de um analista da bolsa de valores brasileira. O projeto em...
Alibaba Bitcoin

Alibaba proíbe venda de equipamentos de mineração de bitcoin

A proibição do Bitcoin na China começa a afetar outros setores da indústria. Desta vez a gigante Alibaba, 9ª maior empresa do mundo por...
Fachada de agência do Banco do Brasil

Tokecardume ou Bitemoeda? – Vejas as questões sobre criptomoedas do concurso do Banco do...

No último domingo (26), o concurso do Banco do Brasil foi aplicado em diversas cidades do Brasil, com várias questões sendo vistas sobre Bitcoin...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias