Acabou a volatilidade? Bitcoin “estável” por mais de um ano

-

Siga no
Anúncio

A frase “Bitcoin é a nova stablecoin” tem um pouco de sentido para a CBOE (Chicago Board Options Exchange).

A empresa divulgou resultados demonstrando que a volatilidade do Bitcoin é menor que a da Amazon e da NVIDIA. Bitcoin e outras criptomoedas são conhecidos por terem grandes variações, no entanto, em 2018 o Bitcoin tem se fixado em uma faixa de preço de US $6.000

Baixa Volatilidade: CBOE e BVI

A CBOE demonstrou que a volatilidade histórica de 20 dias do Bitcoin havia caído para 31,5% e isso foi menor do que a da Amazon (35%), Netflix (52%) e uma longa lista de ações negociadas em bolsa como a Nvidia, cujos 20 dias a volatilidade ficou em 40%.

Anúncio

De acordo com a MarketWatch, o desvio padrão do Bitcoin caiu de US $ 4.640 ou cerca de +/- 42% em janeiro para US $ 475 ou +/- 7,3% em outubro.

O desvio padrão é uma medida de dispersão do preço da média, e quanto maior a dispersão, maior o desvio padrão. Esta constatação demonstrou claramente que há uma redução na volatilidade, uma vez que a depreciação padrão diminuiu 10 vezes.

Coincidentemente, esta análise combina bem com estatísticas retiradas do Índice de Volatilidade Bitcoin (BVI), que mede o desvio padrão dos retornos diários dentro de uma janela de 30 e 60 dias. O BVI é um indicador de volatilidade com base nos preços históricos do Bitcoin.

O BVI rastreia a volatilidade dos preços do Bitcoin em Dólar e a última estimativa de 30 dias coloca a volatilidade do Bitcoin em 1,50% enquanto a estimativa de 60 dias está em 2,05%.

Em comparação, a volatilidade do ouro está em 1,20% e a volatilidade média da moeda oscila entre 0,5% e 1,0% durante o mesmo período.

A volatilidade semanal do Ethereum é de 2,69%, de acordo com dados da BitMex.

 

Isso pode ser uma indicação de que o Bitcoin está finalmente se recuperando. Como podemos ver nos gráficos de preços, o par BTC / USD está se movendo dentro de uma faixa de preço maior que US $ 3.000, com um suporte claro de US $ 6.000.

Este nível foi retestado em um recorde de seis vezes.

Além do forte suporte de US $ 6.000, é visível que, sempre que os preços forem mais baixos, o desvio padrão diminuirá e os últimos 14 dias terão sido caracterizados por uma faixa de US $ 350.

Isso levanta mais questões do que respostas: Os indicadores de volatilidade indicam um mercado em amadurecimento e finalmente livre dos especuladores?

Charlie Morris, diretor de ativos Atlantic House Fund Management em Londres, analisou a surpreendente volatilidade em torno do preço da Bitcoin, dizendo:

______

“Significa simplesmente que o mercado está calmo e em equilíbrio. Isso implica que o interesse especulativo é baixo. Dado este mercado de urso que tem agora 10 meses e está ficando cansado, eu estaria inclinado a ser otimista para a próxima grande jogada.”

Por volta dessa época do ano passado, em um momento FOMO, as pessoas simplesmente não estavam dispostas a abrir mão de uma chance que pudesse ver para dobrar ou até triplicar seus investimentos em Bitcoin ou outras altcoins. Elas queriam retorno em questão de dias ou semanas. Uma oportunidade que levaria anos em investimentos tradicionais.

Agora que a bolha estourou, muitos esperam que o mercado se recuperará e terá uma volatilidade razoável, encorajando a ampla adoção do mercado. Por sua vez, isso beneficiará os detentores de moedas que estão aqui para o longo prazo.

A consolidação do mercado

Mais um domingo calmo na terra das criptomoedas. Não houve grandes movimentações para a maioria das principais altcoins e isso ajudou a deixar o mercado no mesmo nível, algo em torno de US $ 209 bilhões.

Ainda no mesmo nível abaixo de US $ 6.500, o Bitcoin continua estático. Cada BTC foi negociado na mesma faixa de preço nas últimas duas semanas e não conseguiu chegar nem perto de US $ 6.700.

Nenhuma grande notícia absurda (FUD/FOMO) acontecendo hoje. O melhor desempenho nos últimos 7 dias é o Bitcoin Cash, moeda conhecia por ser Troll do Bitcoin. BCH teve ganhos de 28%.

Basic Attention Token (BAT) viu ganhos de 17% após ser listada na Coinbase.

Outras criptomoedas conhecidas como Chainlink, NxT, Monero, Dash, Litecoin e Cardano tiveram ganhos de 4% a 14%.

Criptomoedas em alta nos últimos 7 dias

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, aprendiz e entusiasta de criptomoedas e blockchain. Sugestão de pauta: [email protected]

Banco Central dos EUA está fazendo experimentos com Dólar Digital

O Yuan Digital, a moeda digital da China, continua sendo líder na corrida dos bancos centrais para lançar uma criptomoeda própria. Novas informações apontam...
vik traders

Investidora da VIK Traders denuncia sócio oculto e fraude

A VIK Traders é uma empresa apontada como suposta pirâmide financeira, já com investigações até na Polícia do DF. Para uma investidora, a VIK...
Notas de real brasileiro

Dupla fraudou auxílio emergencial com dados da deep web

Um caso envolvendo a deep web e Bitcoin chamou atenção na cidade de Brasília nos últimos dias. Isso porque, a polícia militar do Distrito...

Últimas notícias

Investidora da VIK Traders denuncia sócio oculto e fraude

A VIK Traders é uma empresa apontada como suposta pirâmide financeira, já com investigações até na Polícia do DF. Para uma investidora, a VIK...

Dupla fraudou auxílio emergencial com dados da deep web

Um caso envolvendo a deep web e Bitcoin chamou atenção na cidade de Brasília nos últimos dias. Isso porque, a polícia militar do Distrito...

FBI invade site da Al-Qaeda e apreende criptomoedas

De acordo com informações do Departamento de Justiça dos EUA as autoridades do país realizaram uma ação contra campanhas para arrecadar fundos para organizações...