Adolescente tem o sonho de ser investidor de criptomoedas

O sonho de ser um investidor no mercado de criptomoedas pode ser mais fácil de ser realizado do que se imagina.

Siga no
Adolescente (investidor de Bitcoin)
Adolescente/Imagem de Juan Manuel Guisado

Um adolescente que ainda cursa o ensino médio no Brasil tem o sonho de ser investidor de criptomoedas ou trabalhar em uma agência bancária.

O ensino em finanças no Brasil ainda está muito aquém do necessário para grande parte da população. Dessa forma, muitos golpes ainda acontecem no país, além de grande parte da população ainda deixar seu dinheiro na poupança como “reserva de valor”.

Contudo, iniciativas começam a aparecer em alguns locais que podem mudar essa realidade. Na cidade de Taquaralto, município com 89 mil habitantes no interior de Tocantins, por exemplo, um projeto chama atenção.

Chamado de “Casa de Câmbio“, o projeto tem como objetivo incentivar o pensamento financeiro em alunos do ensino médio.

Adolescente brasileiro está em dúvida com sonho: trabalhar em agência bancária ou ser investidor de criptomoedas

Todos que já passaram da fase de adolescência sabem o quão desafiante é o momento. Além de passar pela puberdade, a pressão pela escolha da profissão começa a pesar.

E para incentivar o pensamento financeiro durante a etapa, a Centro de Ensino Médio (CEM) de Taquaralto realiza há alguns anos o projeto Casa de Câmbio. Em anos anteriores, os alunos eram incentivados a criar um comércio com a comida típica de algum país.

Após isso, tinham que vender a comida com a moeda respectiva do país. Ao comercializar os alimentos no pátio da escola, os alunos tinham uma compreensão do mercado mundial e da relação cambial entre países.

Contudo, em 2020, em meio a pandemia, os alunos tiveram que se reunir virtualmente. Mesmo assim, os alunos foram incentivados a debater sobre suas visões de futuro nas finanças.

O adolescente Charles Bruno Lustosa Couto, de 17 anos, foi um dos que deram o relato da experiência do projeto. De acordo com ele, foi possível aprender na escola a planejar suas finanças e fazer projetos de vida com ela.

Ele aprendeu a planejar uma viagem, fazer cursos, ter sua casa própria, entre outros assuntos. E o adolescente afirmou ainda ter um sonho: ser um investidor de criptomoedas.

Além disso, ele deixou claro que também tinha o sonho de trabalhar para uma agência bancária. Ou seja, o caminho de Charles deverá ser trilhado na área de finanças, onde mostra maior interesse.

“Entendo que a Educação Financeira abre portas e oportunidades que nos levam a compreender o mercado financeiro e a fazer os nossos recursos se transformarem em renda. São conhecimentos para a nossa vida”, apontou Charles, adolescente de 17 anos que participou de projeto Casa de Câmbio

Trabalhar com criptomoedas é mais fácil que com bancos?

A dúvida de Charles sobre trabalhar com criptomoedas ou agência bancária é interessante. Isso porque, na sua idade, provavelmente terá alguma dificuldade em conseguir um emprego em agência bancária, mas ele pode conseguir uma vaga de menor aprendiz.

É comum, por exemplo, empresas esperarem adolescentes do sexo masculino serem dispensados do exército para efetuar sua contratação. Ou seja, o caminho para trabalhar em uma agência bancária pode estar mais distante de Charles hoje.

Contudo, as criptomoedas são abertas a qualquer interessado, basta configurar uma carteira e depositar as primeiras moedas ali. Com a tecnologia, não é necessário esperar por uma idade certa, nem é necessária documentação para ter suas primeiras criptomoedas.

O Bitcoin, por exemplo, permite que uma carteira seja criada e qualquer valor possa ser depositado nela. Com R$ 10, Charles já poderia ter suas primeiras frações de criptomoedas e começar a ser um investidor da moeda digital.

Aparentemente Charles pode conseguir as duas coisas ao mesmo tempo e decidir o que gosta mais.

Recentemente, o Livecoins destacou um caso em que o Bitcoin será o presente de um pai para filho.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Bitcoin Itau

Agora é possível investir em Bitcoin através do banco Itaú

Agora é possível investir em criptomoedas através do Itaú Personnalité, a novidade foi divulgada no Instagram do banco, e em um episódio de podcast...

“Bitcoin é uma grande bolha”, diz pesquisa do Bank of America

Apesar de muitos entusiastas de criptomoedas argumentarem que o Bitcoin já provou, além de qualquer dúvida razoável, que não é uma bolha, muitos gestores...

Binance anuncia listagem de ações da Coinbase

A Coinbase, a maior corretora de criptomoedas dos EUA, vai se tornar uma empresa de capital aberto nesta quarta-feira (14), sendo listada na Nasdaq,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias