Advogado da FTX diz que corretora não vai voltar, mas clientes receberão dinheiro de volta

O advogado classificou o anúncio como um “momento divisor de águas para os clientes”. Uma declaração de divulgação será apresentada em fevereiro, incluindo o provável pagamento integral das reivindicações dos clientes, mas pode haver algumas ressalvas, disse o advogado.

A FTX, corretora de criptomoedas que declarou falência em 2022, informou ao juiz responsável pelo caso que tem a intenção de reembolsar todos os seus clientes e credores, mas abandonou os planos de reiniciar a corretora. A informação foi divulgada durante uma audiência judicial em Wilmington, Delaware.

Andrew Dietderich, o advogado representando a FTX, enfatizou que a intenção de reembolso total não é uma garantia, mas sim um objetivo almejado pela empresa. Ele reconheceu que há um caminho árduo e arriscado a ser percorrido até que este objetivo seja alcançado, mas expressou confiança na estratégia desenvolvida para atingi-lo.

“Gostaria que o tribunal e as partes interessadas entendessem isto não como uma garantia, mas como um objectivo, ainda há muito trabalho e risco entre nós e esse resultado. Mas acreditamos que o objetivo está ao nosso alcance e temos uma estratégia para alcançá-lo.”, disse ele.

FTX não vai voltar

A FTX se declarou falida em 2022 após uma série de eventos turbulentos que culminaram com a renúncia de seu fundador, Sam Bankman-Fried, e a transferência do controle da empresa para especialistas em insolvência e advogados.

Desde então, os consultores de reestruturação têm trabalhado incansavelmente para rastrear ativos e desvendar uma complexa teia de dívidas que envolve diversos credores, incluindo clientes que investiram dinheiro e criptomoedas na plataforma.

O processo de examinar milhões de ações movidas contra a FTX é um desafio considerável, segundo Dietderich. O objetivo é eliminar quaisquer reivindicações que não sejam legítimas, garantindo que apenas os verdadeiramente afetados pela falência sejam compensados.

O anúncio marca um momento importante no caso da falência da FTX, que é acompanhado de perto por investidores e reguladores em todo o mundo. A promessa de reembolso total, se cumprida, pode estabelecer um precedente importante no setor de criptomoedas, especialmente em termos de proteção ao consumidor e responsabilidade corporativa.

O advogado classificou o anúncio como um “momento divisor de águas para os clientes”. Uma declaração de divulgação será apresentada em fevereiro, incluindo o provável pagamento integral das reivindicações dos clientes, mas pode haver algumas ressalvas, disse o advogado.

“Esse pagamento integral é baseado nos valores da data da petição dessas reivindicações. Muitas dessas reivindicações baseiam-se em moedas, cujo valor diminuiu drasticamente naquele período tumultuado que antecedeu a data da petição”, disse o advogado.

O caso, registrado como FTX Trading Ltd., 22-11068, continua em andamento no Tribunal de Falências dos EUA para o Distrito de Delaware. Os interessados aguardam ansiosamente mais atualizações conforme o processo de reestruturação avança.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Vinicius Golveia
Vinicius Golveia
Formado em sistema da informação pela PUC-RJ e Pós-graduado em Jornalismo Digital. Conhece o Bitcoin desde 2014, atuando como desenvolvedor de blockchain em diversas empresas. Atualmente escreve para o Livecoins sobre assuntos de criptomoedas. Gosta de cultura POP / Geek. Se não estiver escrevendo notícias relevantes, provavelmente está assistindo alguma série.

Últimas notícias