Altos impostos fazem investidores abandonarem corretoras de criptomoedas na Indonésia

As principais corretoras do país observam que a soma dos impostos em cada transação com criptomoedas muitas vezes ultrapassa as próprias taxas de negociação.

A Indonésia, um dos países com maior índice na adoção de criptomoedas, perdeu mais da metade do volume de negociações em corretoras no ano passado. Especialistas no setor atribuem a queda aos altos impostos aos investidores.

Na Indonésia, as criptomoedas passaram a ser classificadas como mercadorias em 2023, o que as torna sujeitas a imposto de renda e imposto sobre valor acrescentado (IVA). Essa política tributária tem sido vista como um obstáculo para os investidores no mercado.

As principais corretoras do país observam que a soma dos impostos em cada transação com criptomoedas muitas vezes ultrapassa as próprias taxas de negociação.

Oscar Darmawan, CEO da INDODAX, disse ao CoinDesk que os usuários enfrentam um imposto de renda de 0,1% e IVA de 0,11% em cada transação, além de uma taxa adicional de 0,04% imposta às corretoras. Ele afirmou que a carga tributária é um peso para a indústria.

Corretoras de criptomoedas perdem 60% de volume graças aos impostos

Em resposta a situação, alguns líderes do setor sugerem uma reclassificação das criptomoedas como títulos em vez de mercadorias. Eles argumentam que isso aliviaria parte da carga tributária sobre os usuários, tornando o mercado mais atraente e justo.

A mudança poderia acontecer em breve, já que a supervisão das criptomoedas na Indonésia será transferida para a Autoridade de Serviços Financeiros (OJK) em janeiro de 2025.

Até essa mudança ocorrer, no entanto, permanece incerto como as corretoras locais lidarão com possíveis novas quedas no volume de transações.

Uma potencial solução para a situação está sendo debatida por empresários do setor. Alguns especialistas propõem que as criptomoedas sejam tratadas como títulos em vez de mercadorias.

Eles argumentam que tal abordagem alinharia os impostos de criptomoedas aos de outros instrumentos de investimento, como ações, promovendo assim uma estrutura tributária mais equitativa e consistente. Yudhono Rawis, CEO da plataforma de câmbio Tokocrypto, é um dos defensores desta mudança, acreditando que ela poderia revitalizar o mercado.

Enquanto a transição não acontece, o futuro das corretoras de criptomoedas na Indonésia permanece incerto. Com a persistência da pesada carga tributária, o setor pode continuar enfrentando desafios em manter ou aumentar o volume de transações.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Vinicius Golveia
Vinicius Golveia
Formado em sistema da informação pela PUC-RJ e Pós-graduado em Jornalismo Digital. Conhece o Bitcoin desde 2014, atuando como desenvolvedor de blockchain em diversas empresas. Atualmente escreve para o Livecoins sobre assuntos de criptomoedas. Gosta de cultura POP / Geek. Se não estiver escrevendo notícias relevantes, provavelmente está assistindo alguma série.

Últimas notícias