Alunos da USP vencem concurso de criptomoedas com análise de carteiras balanceadas

Carteiras com várias criptomoedas podem dar maiores retornos na alta e menos prejuízo na queda, diz estudo de alunos brasileiros.

Um grupo de alunos da Universidade de São Paulo (USP) venceu um concurso de criptomoedas organizado no Brasil pela Ripple, FGV e outras empresas, após uma análise de como criar uma carteira de investimentos balanceada.

Para divulgar os vencedores, a Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV EESP) promoverá na próxima quarta-feira (9), às 18 horas, o evento de encerramento.

O Desafio de Dados (Datathon) de Criptomoedas FGV está em sua terceira edição em 2022.

Ao todo, participaram quatorze equipes, com estudantes de faculdades como FGV, FIAP, ITA, Mackenzie, PUC-PR, UEMG, Universidade Estadual de Maringá, UFMG, UFPA, UFPE, UFRA, UFRGS, UFT, UniCesumar, UNIP e USP.

Alunos da USP ganham concurso de criptomoedas com análises de como criar carteira de criptomoedas balanceada

Ao fim da competição de dados sobre criptomoedas promovida pela FGV, o resultado favorável veio para os alunos da Equipe “Cryptal”, que apresentaram uma “Estratégia de investimento baseada em Mercados Fractais para o caso de criptomoedas”.

Assim, a equipe apresentou uma proposta de investimentos em criptomoedas consideradas mais eficientes no mercado, com uma relação de risco e retorno melhor para investidores.

Em uma análise do cenário, a carteira observada pelos alunos da USP mostrou ser melhor quando o mercado está em alta, dando maiores retornos.

Já com o mercado em queda, como em 2022, por exemplo, a carteira de melhor performance obteve menos prejuízos, por ser balanceada em criptomoedas eficientes.

Segundo os alunos, essa estratégia de portfólio pode ser melhor estudada no futuro com outras criptomoedas, expandindo a análise para obter maiores retornos aos investidores.

A equipe sai do projeto com uma premiação de R$ 8 mil, recebendo um certificado e com opção de cursar disciplinas de criptomoedas em um mestrado da FGV.

Os segundos colocados são alunos da UFRGS, da Equipe “AustrianBoyz”, que apresentaram o trabalho “Do caos às criptomoedas: uma análise de criptoativos baseada na física de sistemas caóticos e redes neurais”. Eles ganham R$ 5 mil, certificado e poderão também participar das aulas.

Na terceira colocação do concurso, a Equipe “LTCM”, composta por alunos da UFMG, ganhou R$ 3 mil ao apresentar o trabalho “Using Reddit and Markov Chains to time Bitcoin”.

Evento de premiação será aberto ao público

Com vários trabalhos promissores a serem apresentados ao público, a FGV promoverá o evento de encerramento do Desafio de Criptomoedas na próxima quarta.

Aberto ao público e com inscrições abertas, o evento é uma iniciativa “para fomentar estudos e atividades envolvendo blockchain e inovações financeiras e promover a integração de estudantes de graduação de todo o Brasil”.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias