Amazon nega rumores de que vai aceitar Bitcoin como pagamento

Empresa negou nesta segunda-feira qualquer plano de aceitar criptomoedas neste ano, levando queda ao mercado que operava em alta.

Siga no
Amazon e mão segurando Bitcoin
Amazon e mão segurando Bitcoin

A Amazon, terceira maior empresa em valor de mercado do mundo, negou nesta segunda-feira (26) que irá aceitar Bitcoin como pagamento este ano. Nos últimos dias, rumores de mercado haviam dado essa esperança para a comunidade de Bitcoin, que viu o preço do ativo digital disparar.

Após a ida de Jeff Bezos ao espaço, muitas pessoas projetaram que a próxima novidade do homem mais rico do mundo seria aceitar o Bitcoin como meio de pagamento em sua principal empresa.

Os rumores começaram após a Amazon publicar uma vaga de emprego ligada ao mercado de criptomoedas, deixando claro que está se preparando para entrar de vez nas criptomoedas.

Além disso, um artigo publicado no site CityAM no último domingo afirmava que uma fonte da Amazon havia revelado a informação de que a empresa aceitará a moeda digital até o fim do ano.

Como é uma empresa forte no setor de tecnologia, ver um eventual aceite de Bitcoin não seria uma surpresa total ao mercado, mas afetaria muito o sentimento otimista em relação ao Bitcoin. Com todo o entusiasmo, a empresa acabou negando tudo.

Amazon nega que vai aceitar Bitcoin em 2021

Acompanhando o furor da Amazon e Bitcoin nos últimos dias, a Bloomberg foi um dos portais de notícias que repercutiu a vaga de emprego publicada pela companhia.

Contudo, após a publicação da Bloomberg, representantes da Amazon entraram em contato com a reportagem para enviar uma nota sobre o assunto. No comunicado, a Amazon negou que irá aceitar Bitcoin em 2021, como haviam esperado muitas pessoas no mercado.

De acordo com a Amazon, é mentira que qualquer movimento da empresa sobre o Bitcoin esteja em curso, apesar dos estudos conduzidos pela empresa atualmente.

“Apesar de nosso interesse no espaço, as especulações que surgiram em torno de nossos planos específicos para criptomoedas não são verdadeiras. Continuamos focados em explorar como isso pode ser para os clientes que compram na Amazon”.

Em uma conversa na tarde de hoje, jornalistas da FOX Business já haviam alertado contra qualquer movimento da Amazon apenas por postar uma vaga de emprego.

De acordo com eles, a posição da empresa neste fim de ano deve ser a mesma dos últimos anos, ou seja, de estudo sobre o mercado. Mesmo assim, eles afirmaram que uma entrada da empresa no setor será estratosférica.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Criptomoeda suspeita com 69 setilhões de unidades vira tendência no Twitter

O Twitter se tornou um dos principais pontos de reunião e discussão sobre criptomoedas, e por isso muitas vezes vemos nomes famosos do setor...
Marca do Google e moeda de Bitcoin

De olho nas criptomoedas, Google contrata ex-PayPal e considera lançar “Crypto card”

Em conversa com a Bloomberg, Bill Ready, diretor de comércio e pagamentos do Google, confirmou a contratação de Arnold Goldberg, ex-PayPal. Afirmando que "esta...
Minerador de Bitcoin rindo próximo a máquinas

Projeto de lei prevê imposto zero para mineração de Bitcoin no Brasil

O Senado retomará a discussão sobre a regulação de Bitcoin em fevereiro de 2022, com o projeto prevendo imposto zero para equipamentos de mineração...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias