Amazon pode lançar criptomoeda para competir com a Libra do Facebook

-

Siga no

A Amazon ainda não anunciou planos para criar sua própria criptomoeda, mas, um novo relatório de vários analistas sugere que a gigante do Ecommerce provavelmente anunciará um concorrente para a Libra do Facebook.

Há alguns meses, o Facebook anunciou sua própria criptomoeda, a Libra. O anúncio foi recebido com diferentes reações. Muitos entusiastas de criptomoedas elogiaram a gigante das redes sociais por sua decisão de entrar no mercado. Esses defensores acreditavam que uma empresa como o Facebook, com seus 1,5 bilhão de usuários em todo o mundo, faria muito pela adoção das moedas digitais.

Por outro lado, muitas pessoas, incluindo congressistas dos Estados Unidos, eram contra o Facebook criando sua própria moeda. Desde então, vários potenciais concorrentes surgiram , incluindo o Walmart e a Binance.

Ben Mezrich, autor de “Os bilionários acidentais”, um livro que detalhou os primeiros dias do Facebook, expressou na época que uma criptomoeda criada pela Amazon era uma escolha muito melhor do que a Libra. Agora, parece que sentimentos recentes estão corroborando essa afirmação.

Amazon é um oponente digno

De acordo com um relatório de uma pesquisa realizada pela empresa de dados e análises Cindicator, a Amazon é um oponente digno o suficiente, embora ainda não tenha anunciado nenhuma intenção de entrar no setor. O relatório da Cindicator diz que quase 23% de todos os analistas que participaram da pesquisa acreditam a Amazon “irá anunciar sua própria criptomoeda”.

A Amazon é o maior serviço de comércio eletrônico do mundo e pode facilmente alavancar milhões de usuários para usar sua moeda digital, exatamente como o Facebook planeja.

O relatório do Cindicator também observa que outros possíveis concorrentes da Libra / Facebook incluem são o Google, Apple, Walmart e Microsoft .

O Facebook está ‘facilitando’ a competição?

A gigante das redes sociais tem uma longa história de violações de privacidade e, como tal, a reputação da empresa, especialmente no que se refere à privacidade, está abalada. Até David Marcus, chefe do projeto Libra, prometeu ao Congresso que o Facebook fará tudo que for possível para cumprir com a regulação antes do lançamento do Libra.

O relatório da Cindicator também menciona que há um número considerável de pessoas que disseram que não usariam a Libra. Desse número, mais de 29% revelaram que não vão comprar a moeda digital porque por pouca ou nenhuma confiança na empresa. Para 11,38%, seus motivos estavam centrados especificamente em questões de privacidade.

Outro indicador do fato de que o Facebook tem muito a fazer para conquistar a confiança do Congresso e do público em geral é a Associação Libra. O Facebook anunciou algumas empresas como parte da associação que cuidará da Libra.

Para que Libra seja bem-sucedida, o Facebook precisa iniciar uma campanha de limpeza de reputação, antes que a Amazon anuncie uma criptomoeda e começe uma guerra com o Facebook.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, aprendiz e entusiasta de criptomoedas e blockchain. Sugestão de pauta: [email protected]

Hacker do Twitter já tinha roubado fortuna em Bitcoin

No final da última semana autoridades da Flórida prenderam um adolescente acusado de ser o organizador do hack que afetou o Twitter e centenas...
Processo na Justiça

Pedido de líder da BWA Brasil é negado em caso milionário

Um processo coletivo milionário corre na justiça contra a BWA Brasil e seu presidente. Na justiça, o líder da BWA Brasil fez um pedido...
Bandeira Brasil e Argentina

Brasileiros são traders de Bitcoin, Argentinos são holders

A corretora Ripio é uma startup com sede na Argentina e operações em vários países da América do Sul, inclusive Brasil. De acordo com...