Congressistas entendem a diferença entre a Libra e o Bitcoin

Um é projeto empresarial e o outro descentralizado?

-

Siga no
Anúncio

A criptomoeda Libra tem sido associada ao Bitcoin, entretanto, há diferenças entre os projetos. De acordo com Charlie Shrem, os congressistas dos EUA conseguem entender tais diferenças.

Isso porque o Bitcoin é uma moeda digital criada por Satoshi Nakamoto, identidade que nunca foi revelada ao mundo. Além disso, o Bitcoin possui uma governança descentralizada, sendo competência do Bitcoin Core alterar as regras dessa rede.

No caso do Facebook, a Libra possui um conselho de consenso, chamado Calibra. Este deverá tomar as rédeas da criptomoeda empresarial.

Congresso dos EUA está de olho na Libra, entretanto, há diferença desta com o Bitcoin

Anúncio

O Congresso dos EUA está em discussão sobre a Libra (vídeo abaixo) nesta quarta (17). Em um Twitter, Charlie Shrem compartilhou sua visão sobre este caso com entusiasmo. Para este, o Congresso dos EUA possui um bom conhecimento sobre criptomoedas. Além disso, há um entendimento sobre a diferença entre a Libra e o Bitcoin. Com isso, Shrem se mostrou animado que o Congresso estaria preocupado apenas com a Libra.

Em outro Twitter, Frank Chaparro, diretor de notícias do The Block, mostrou que o Congresso entende sobre o Bitcoin. Para o congressista Patrick McHenry, “todos que já tentaram parar o Bitcoin e sua tecnologia, falharam”. Chaparro comentou que a posição de McHenry foi uma das mais positivas quanto a Libra até então. Entretanto, outros congressistas não estão tão animados com a criptomoeda do Facebook.

O representante do Facebook em conversa com o congresso é David Marcus. Este disse no encontro que a Libra está de olho nas regulamentações, e que pretende alinhar seus objetivos com bancos centrais.

É necessário estabelecer uma supervisão apropriada antes que a Libra seja lançada. e esse é o espírito que lançamos no início muito antes de qualquer lançamento, para que pudéssemos ter tempo de nos envolver com todos os órgãos reguladores, bancos centrais e legisladores para garantir que estávamos fazendo isso direito. Este é meu compromisso. Nós estávamos tomando o tempo para acertar de forma certa.

Libra pode se envolver com Bancos Centrais?

Ao que tudo indica pela fala de Marcus, a Libra do Facebook poderá se envolver com os Bancos Centrais. Neste sentido, além de ser uma criptomoeda com grandes empresas por trás, ainda poderia ter interferência de governos.

Eu quero explicar porque eu sou otimista sobre o que Libra pode oferecer ao mundo. Antes de chegar lá, quero deixar claro que reconhecemos que estamos apenas no início da jornada

Para David Marcus, a aproximação da Libra com entidades reguladoras será uma etapa do processo de criação desta. Para isso, Marcus espera ouvir conselhos de entidades reguladoras e ter reuniões com estes para ouvir demandas.

Isso certamente não é uma novidade do ponto de vista da tecnologia, se realmente a Libra prosseguir com este entendimento. Cabe o destaque que o dinheiro fiat, em muitos países, já é digital em grande parte. Ou seja, o dinheiro fiat digital já possui interferência de governos, cabendo a Libra uma diferença apenas no quesito de remessas.

Preocupações com Privacidade dos Usuários por parte do Congresso

Uma das principais críticas dos congressistas está sendo no quesito privacidade dos usuários. Isso porque, recentemente, o Facebook esteve envolvido em grandes problemas com vazamentos de dados.

Neste ponto, os congressistas também perguntaram sobre o serviço a ser prestado pelo Facebook. Entretanto, David Marcus apontou que a Libra não será uma concorrente dos bancos.

Nós não oferecemos serviços bancários, oferecemos serviços de pagamento, como Venmo e Paypal. A carteira Calibra não compartilhará dados de clientes individuais com a Associação Libra ou o Facebook.

Finalmente, a reunião entre os congressistas e Marcus ainda está acontecendo no momento da escrita deste (vídeo acima). Com isso, espera-se que mais novidades venham a tona.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Leia mais

Investimento em prejuízo no Brasil

Investimento mais conservador do Brasil dando prejuízo

Muitos que procuram investir nas criptomoedas, como Bitcoin, por exemplo, acreditam que a moeda oferece grandes riscos como reserva de valor. Mas na pandemia...
Bitcoin é a maior moeda digital do mundo

Como a crise ajudou na popularização do Bitcoin?

Com a notícia da pandemia do coronavírus todo o mercado de investimentos tradicional e digital foi impactado com a notícia. Sendo assim, as criptomoedas...

Influenciadores do TikTok receberam R$ 2.7 milhões promovendo golpes

Alguns criadores de conteúdo do TikTok estavam promovendo aplicativos com Adwares e Cavalos de Tróia embutidos. O dinheiro arrecadado pelos influenciadores com a promoção...

Últimas notícias

Binance Webinar em Português fala sobre game baseado em Bitcoin

A Binance organizou um evento para a próxima quinta-feira no Brasil. O webinar da Binance, em português, falará sobre games e cripto, fazendo a...

Como a crise ajudou na popularização do Bitcoin?

Com a notícia da pandemia do coronavírus todo o mercado de investimentos tradicional e digital foi impactado com a notícia. Sendo assim, as criptomoedas...

Influenciadores do TikTok receberam R$ 2.7 milhões promovendo golpes

Alguns criadores de conteúdo do TikTok estavam promovendo aplicativos com Adwares e Cavalos de Tróia embutidos. O dinheiro arrecadado pelos influenciadores com a promoção...