Analista acredita que ouro e Bitcoin possuem relação, após crise no Irã

Relação entre diferentes classes de ativos!

Siga no
Mão cheia de Bitcoin e Ouro
Mão cheia de Ouro e Bitcoin

Para um analista, a crise do Irã com os EUA têm demonstrado uma forte relação entre dois ativos completamente diferentes: ouro e bitcoin. Isso porque, enquanto um é certamente mineral valioso encontrado no subsolo do planeta, outra é uma moeda digital.

Apesar de ambos serem encontrados via um processo de mineração, ainda restam dúvidas sobre as características próximas de ambos os ativos. O ouro é um mineral que pode ser utilizado como meio de pagamento e também como reserva de valor. Ou seja, possui características que possibilitaram que este fosse utilizado como dinheiro no decorrer da história.

Por outro lado, o Bitcoin (BTC) foi criado para ser um dinheiro, facilitando o meio de pagamento pela internet. Dessa forma, mesmo com todas as diferenças, características parecidas tem sido encontradas entre os ativos.

Analista acredita que os conflitos no Irã fazem o Bitcoin se tornar um ouro digital

Para o analista da Messari, Ryan Watkins, a moeda digital tem se mostrado uma boa reserva de valor. Por reserva de valor, entende-se que um ativo com o passar dos anos não perde valor dentro do mercado.

Há séculos que uma das principais reservas de valor tem sido o ouro, um mineral que perde pouco valor. Em 2019, o ouro teve uma enorme valorização, sendo um dos principais ativos do mundo a ganhar valor. Isso porque com medo de uma crise financeira mundial, pessoas compraram o ativo.

Com a tensão no Irã, novamente o ouro teve valorizações em meio as incertezas de uma possível guerra no Oriente Médio. Ao mesmo tempo, o Bitcoin teve uma grande valorização em 2019, seguindo neste cenário no início de 2020.

O analista Ryan observou que o Bitcoin teve uma valorização superior a 21% no início de 2020. Muito desse novo valor poderia ter relação com a escalada de tensões do Irã, de acordo com um gráfico que explicou sua visão.

Ryan fez um gráfico com os pontos mais críticos da tensão iraniana

Bitcoin e Ouro no Conflito do Irã
Bitcoin e Ouro no Conflito do Irã – Reprodução/Messari

Quando o general iraniano foi dado como morto, o Bitcoin teve uma valorização quase que imediata. Após a escalada da tensão o Bitcoin continuou subindo de preços. Contudo, no último dia 8, o presidente Donald Trump fez um discurso público acalmando os mercados, afastando a possibilidade de guerra agora.

Neste dia, o Bitcoin teve uma intensa desvalorização, reflexo da diminuição dos receios de se ter armazenado um ativo de reserva de valor. Por fim, neste caso, o analista acredita que o Bitcoin estaria reagindo a novidades geopolíticas, podendo ser tratado até como um ouro digital.

Ainda que alguns da comunidade de criptomoedas acompanhem este cenário de perto, alguns preferem manter a distância. Para Joe Weisenthal, analista da Bloomberg, quando o Bitcoin se valorizou, as altcoins também se valorizaram.

O que chamou atenção de Joe, é que algumas altcoins tiveram uma valorização acima do Bitcoin. Ou seja, se as pessoas estavam buscando um refúgio seguro em Bitcoin, não fazia sentido altcoins terem ganhos superiores a este.

Por fim, ainda que de forma polêmica, o debate acerca do Bitcoin possuir relação com o ouro tem tido uma crescente nos últimos anos. O Primo Rico, um analista e youtuber brasileiro, justificou sua compra de Bitcoin em 2019 devido às incertezas de ativos tradicionais.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Senadora Democrata Elizabeth Warren

Senadora dos EUA compara Bitcoin a óleo de cobra

A Senadora Democrata Elizabeth Warren, falou em uma recente entrevista à CNBC que não é contra as pessoas serem livres para investir em Bitcoin,...
Casa a venda por Bitcoin negócio imobiliário

Bitcoin vira garantia em negócio para crédito imobiliário pela primeira vez

Ao tentar obter um crédito imobiliário um credor de uma negociação comprovou ter Bitcoin e conseguiu ter seu financiamento aprovado. Muitas pessoas quando vão ao...
Abilio Diniz, empresário e bilionário brasileiro

O3 Capital, que tem Abílio Diniz como sócio, investe em ETF de criptomoedas

Uma empresa que tem Abilio Diniz como conselheiro investiu em criptomoedas via ETF listado na bolsa de valores brasileira. A aquisição foi feita pela...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias