Apesar de ser legal em El Salvador, Bitcoin não é nada popular por lá, diz estudo

Não só um terço da população não tem conhecimento sobre a existência da Chivo, carteira estatal para transações de BTC e USD, como seu uso é pequeno. Como forma de marketing, o governo deu 30 dólares em BTC para quem baixasse tal carteira, contudo, 60% das pessoas abandonaram a mesma após resgatar este bônus.

EL-Salvador-Bitcoin
EL-Salvador-Bitcoin

Um estudo realizado pelo Bureau Nacional de Pesquisa Econômica (NBER) aponta que o Bitcoin não é nada popular em El Salvador, apesar deste ter sido o primeiro país a adotá-lo como moeda legal há 7 meses.

Indo além, um terço da população nem sequer tem conhecimento sobre a carteira estatal Chivo. Ainda sobre esta, 89% não a usam para receber pagamentos e, enquanto 8% a usam para transacionar dólares, apenas 3% a utilizam com Bitcoin.

Tal comportamento é válido tanto para indivíduos quanto empresas, afinal 80% destas últimas ainda não trabalham com Bitcoin. A razão pode estar ligada na cultura, afinal a maioria da população prefere usar dinheiro, ainda que muitos tenham acesso a um celular com internet.

Bitcoin não decolou em El Salvador

Apesar dos holofotes à El Salvador após ser o primeiro país a adotar o Bitcoin como moeda legal, a pesquisa do Bureau Nacional de Pesquisa Econômica (NBER) mostra que os salvadorenhos não estão tão empolgados com a criptomoeda.

Não só um terço da população não tem conhecimento sobre a existência da Chivo, carteira estatal para transações de BTC e USD, como seu uso é pequeno. Como forma de marketing, o governo deu 30 dólares em BTC para quem baixasse tal carteira, contudo, 60% das pessoas abandonaram a mesma após resgatar este bônus.

Além disso, 89% das pessoas não usam a Chivo para receber pagamentos. Já outros 8% a usam para pagamentos em dólar e apenas 3% para o Bitcoin, como mostrado na imagem abaixo.

Uso da carteira Chivo em El Salvador. Fonte: NBER

Outro ponto destacado é a mudança na cultura financeira dos salvadorenhos, ou melhor dizendo, a falta dela. Segundo o relatório, 83% das pessoas continuam usando seus cartões de débito/crédito como antes e apenas 14% diminuíram seu uso.

O comércio de El Salvador também reflete tais números. Afinal, 80% das empresas nem sequer estão aceitando Bitcoin. Além disso, 88% delas convertem os bitcoins recebidos em dólares.

Por fim, o estudo aponta que o interesse pelos termos “Bitcoin” e “Chivo” despencaram nas buscas do Google após 7 de setembro. O único que se mantêm em alta é a busca pelo preço do Bitcoin.

Interesse de salvadorenhos por termos relacionados ao Bitcoin. Fonte: NBER

Títulos de Bitcoin

Outro ponto recente que está gerando rumores são os Títulos de Bitcoin de El Salvador, também chamado Títulos de Vulcão. Tal projeto pretendia arrecadar 1 bilhão de dólares para a construção da Bitcoin City, uma cidade livre de impostos, contudo, o governo atrasou sua emissão.

Programada para o mês de março, a nova data para a emissão dos títulos é setembro. Além disso, o presidente de El Salvador, Nayib Bukele, chegou a se irritar com manchetes afirmando que o mesmo estaria pedindo ajuda da Binance para promover os títulos.

Portanto, muitos criticaram a postura da obrigatoriedade de aceitar Bitcoin, afinal esta é uma moeda baseada em princípios de liberdade. Sendo assim, os números apresentados acima podem ser um bom exemplo de que não adianta forçar uma adoção, é preciso conquistá-la.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias