Após Twitter, Elon Musk mira nos golpes de criptomoedas do YouTube

Livro biográfico de Elon Musk, CEO da Tesla e SpaceX.
Livro biográfico de Elon Musk, CEO da Tesla e SpaceX.

Após envolver-se em uma grande discussão sobre bots no Twitter, usados por golpistas, Elon Musk agora está mirando no YouTube. Segundo o bilionário, a plataforma de vídeo também está cheia de golpes.

O problema de Musk com golpistas é tão grande que pode ser o motivo para desistir da aquisição do Twitter. Tal compra envolveria US$ 44 bilhões (R$ 216 bi), contudo, o CEO da Tesla está ameaçando desistência caso não obtenha o número exato de bots na plataforma.

Além de Musk, outros bilionários como Michael Saylor também estão descontentes com a falta de ação do YouTube contra golpistas. Afinal, suas imagens são frequentemente usadas para enganar os mais desatentos.

Elon Musk acusa YouTube de estar cheio de golpes

Segundo Elon Musk, CEO da Tesla e SpaceX, o YouTube está repleto de golpes. Embora tenha referido-se a golpes em anúncios, vale notar que até mesmo a sua imagem está sendo usada em vídeos falsos que prometem ganhos irreais.

“O YouTube parece ter anúncios fraudulentos ininterruptos.”

Esta não é uma opinião apenas de Musk. Outro bilionário que está descontente com a situação é Michael Saylor, CEO da MicroStrategy, que também tem seu nome usado por golpistas.

“Denunciamos vídeos de golpes de Bitcoin no YouTube 24/7/365, mas os golpistas apenas repostam instantaneamente. Mais de 10.000 vídeos falsos no ano passado,” escreve Michael Saylor. “Como é caro denunciar golpes e fácil lançar novos, os ataques continuam. O YouTube precisa de um sistema de depósito de segurança para punir os golpistas.”

No último mês, golpistas criaram até mesmo um deepfake de Elon Musk para promover um golpe que prometia 30% de ganhos por dia. Apesar de o vídeo não ser perfeito, é um sinal de que os criminosos estão se aperfeiçoando.

Golpes florescem no YouTube

Segundo relatórios, pelo menos R$ 50 milhões foram roubados por golpistas que usaram o YouTube como uma ferramenta. Tirando vídeos de famosos de contexto e prometendo dobrar seu dinheiro, os criminosos conseguem fisgar os mais desatentos.

Nem mesmo o símbolo de verificado em canais oficiais estão ajudando na prevenção de golpes. Como exemplo, diversos canais grandes estão sendo hackeados para promover tais conteúdos maliciosos.

Portanto, embora Elon Musk tenha e Michael Saylor tenham razão para reclamar da frequência de golpes, é difícil imaginar que o YouTube encontre uma solução rápida. Por hora, a melhor proteção é ter bom senso e não acreditar em promessas de dinheiro fácil.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias