Argentino perde mais de R$ 1 milhão em golpe brasileiro de Bitcoin

De acordo com o preço atual, o argentino possui US$ 261 mil na Atlas Quantum, cerca de R$ 1.2 milhão.

Siga no
Homem-triste. Imagem: ShutterStock
Homem-triste. Imagem: ShutterStock

Seduzido pelo valor do Bitcoin, que em 2018 era negociado por US $ 17 mil, o argentino Augusto Álvarez (34) começou a pesquisar empresas para comprar a criptomoeda e encontrou a Atlas Quantum, a fintech brasileira que prometia rendimentos de 38% ao ano e deu calote em mais de 40 mil pessoas.

A empresa dizia ter criado um algoritmo que realizava arbitragens: comprava automaticamente onde era mais barato e depois vendia ao mais alto possível valor, no entanto, tudo não passava de um esquema de pirâmide.

“Eles começaram como uma pequena startup, receberam fundos de investimento e se tornaram uma empresa muito conhecida que ocupava 6 andares de um prédio em São Paulo e tinha 300 funcionários. Pedi referências e me disseram que era uma empresa séria ”, disse o homem ao site Infobae.

“Como eles ofereciam rentabilidade entre 3% e 4% ao mês, investi US $ 30 mil. Com os ganhos diários e os saldos que refletiam na minha conta, consegui ganhar um pouco mais de 8 Bitcoin”, explicou, sem se dar conta que um ano depois começaria seu calvário.

A empresa fundada pelo empresário Rodrigo Marques do Santos, enfrenta problemas com a liberação de saques desde 2019, mês em que a CVM proibiu a Atlas de oferecer investimentos públicos.

Em agosto de 2019 a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) declarou como irregular as atividades da Atlas Quantum. Segundo a autarquia, a empresa operava investimentos em criptomoedas que podem ser considerados como contratos coletivos.

“Essa decisão (da CVM) resultou em milhares de usuários decidindo retirar bitcoins da plataforma. E quando eu quis fazer, pouco menos de um mês depois daquela decisão, não consegui. Minha conta foi bloqueada”, lembra Álvarez.

Calote em 40 mil pessoas

A situação do argentino é similar a de pelo menos outros 40 mil clientes – só na justiça de São Paulo, segundo apuração do Livecoins, há mais de 400 processos judiciais movidos contra a empresa e seu proprietário.

São ações que pedem reparação por perdas e danos, rescisão de contrato, devolução de dinheiro e indenização por danos morais.

E entre eles estão a de Augusto Álvarez e outros vinte argentinos, como ele mesmo especificou, já que todos participam de um grupo no Telegram onde trocam informações sobre o ocorrido.

As esperanças dos clientes de receberem seus fundos de volta se tornaram mais desanimadoras quando Rodrigo Marques desapareceu com os 15.000 bitcoins que estavam na plataforma.

O empresário sumiu e não dá nenhuma declaração ou satisfação sobre o caso há pelo menos dois anos.

De acordo com o preço atual, o argentino possui US$ 261 mil na Atlas Quantum, cerca de R$ 1.2 milhão.

“Eu teria ganhado muito dinheiro e mais considerando que cada Bitcoin atingiu um preço recorde de US $ 64.000 em abril deste ano. Agora esse dinheiro não tenho mais”, lamentou.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

O Ethos de um Bitcoinheiro

Desde que eu caí na toca do coelho, algo sempre chamou a minha atenção: como os bitcoinheiros possuem um ethos próprio bastante particular. Primeiro,...
Moedas físicas de Bitcoin em várias cores

Fundo de Investimentos em Cingapura anuncia compra de Bitcoin “físico”

Um fundo de investimentos baseado em Cingapura anunciou uma nova compra de Bitcoin "físico", o que causou surpresa no mercado local. O setor financeiro tradicional...
Jogador do Flamengo Gabriel Barbosa

Token do Flamengo despenca após derrota para o Palmeiras na Libertadores

Nas últimas 24 horas, o fan token do Flamengo despencou mais de 27%, após o clube ser derrotado pelo Palmeiras na final da Copa...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias