Arthur Hayes alerta sobre ‘colapso global’ e possível queda do Bitcoin

O fundador da BitMex acredita que a expansão monetária enfraquecerá as moedas fiduciárias novamente, fazendo com que o Bitcoin se valorize por conta de sua escassez absoluta.

Participando de uma live no Canal Crypto Banter, Arthur Hayes explicou sua estratégia de investimento em Bitcoin e outras criptomoedas no caso de um crash global no setor financeiro.

Segundo o fundador da corretora BitMex, o Bitcoin não será um porto-seguro, já que ainda possui grande correlação com ativos de risco, podendo ser afetado como outros ativos.

Ou seja, Hayes está esperando por uma grande correção antes que o Bitcoin entre em uma verdadeira corrida de touros. No entanto, essa poderia ser a oportunidade perfeita para investir.

Finalizando, o trader também falou sobre os rumores da China desbanir o Bitcoin, notando as diferenças entre Hong Kong. Além disso, também comentou sobre sua nova criptomoeda favorita, a GMX.

Arthur Hayes projeta alvo de retração para o Bitcoin

Mesmo não acreditando que o Bitcoin caia para os níveis que atingiu com a falência da FTX (abaixo dos US$ 16.000), Hayes pensa que ainda não estamos em um mercado de alta. Em suma, o trader aponta que o bitcoin passará por uma grande correção antes de seguir subindo.

“Acredito que o Bitcoin realmente não escapou de sua correlação com ativos de risco globais.”

“Ele pode ter se saído muito bem recentemente com esse pequeno salto de menos de US$ 16.000 para US$ 24.000”, continuou Hayes. “Mas acho que estamos aguardando um momento de ‘correlação um’. Com isso, quero dizer que tudo cai massivamente junto, incluindo o Bitcoin.”

Finalizando, aponta que os ursos podem quebrar o suporte dos US$ 20.000, seguindo o movimento de outros ativos, mas que a queda não irá muito além disso.

“Então, uma vez [que este movimento] acabar, estou super otimista neste espaço, mesmo que o resto vá dar errado, porque acredito na resposta do que as autoridades monetárias e fiscais darão para outra situação desagradável”, concluiu Hayes. “Eles distribuirão dinheiro para as pessoas e o imprimirão.”

Em outras palavras, o fundador da BitMex acredita que a expansão monetária enfraquecerá as moedas fiduciárias novamente, fazendo com que o Bitcoin se valorize por conta de sua escassez absoluta.

Fundador da BitMex fala sobre rumores sobre a China

Questionado sobre os rumores sobre a China estar propensa a abandonar seu banimento das criptomoedas, o que poderia levar a um aumento de preços no mercado, Arthur Hayes explica que a realidade é bem diferente.

“Está ficando bem claro que a China continental é bem fechada do resto do mundo, mas acredito que Hong Kong está retornando ao que era no final dos anos 90, início dos anos 2000”, explicou o trader. “Eles permitirão que certas coisas aconteçam em Hong Kong e eles não permitirão [essas mesmas coisas] na China continental.”

“Por exemplo, regulamentação das criptomoedas. Não há corretoras-cripto na China, não há como obter uma licença, mas aparentemente há como obtê-las em Hong Kong.”

De qualquer forma, Hayes acredita que o movimento seja positivo já que Hong Kong possa ser uma frente para a China se conectar com outros países. No entanto, alerta que isso também significa controle, já que estamos falando de ETFs de Bitcoin e não de Bitcoin em sua forma pura.

“Se todos ‘bitcoins da China’ são mantidos por um monte de gerentes, que são gerentes de ativos chineses, então ótimo. Não há uma verdadeira liberdade econômica sendo alcançada, é apenas um retorno financeiro sobre o Bitcoin.”

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de criptomoedas do mercado ganhe até 100 USDT em cashback. Cadastre-se

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Últimas notícias