Hayes diz que Bitcoin baterá recorde em 2024 e fala sobre “points”, a nova tendência do mercado

Questionado sobre as falas de Jerome Powell sobre cortes nas taxas de juros dos EUA, Hayes afirmou que não se importa. No passado, o executivo afirmou que todos os cenários são ótimos para o Bitcoin já que o Fed está encurralado.

Arthur Hayes, fundador da BitMex, acredita que o Bitcoin chegará a US$ 70.000 ainda neste ano, batendo seu recorde de preço de 2021. Em conversa com Ran Neuner, do canal Crypto Banter, Hayes também falou sobre a próxima grande narrativa do mercado de criptomoedas.

Em relação ao Bitcoin, Hayes ainda continua focado na quebradeira dos bancos americanos. Segundo sua tese, o Fed precisará imprimir dinheiro para salvá-los, levando o dólar a perder poder de compra.

“Definitivamente otimista esse ano, acredito que o Bitcoin atingirá seu topo histórico de US$ 70.000 até o final do ano”, iniciou Hayes. “O sistema bancário nos EUA está ferrado. Todos os bancos estão insolventes.”

“Eles [Fed] não querem imprimir dinheiro, mas também precisam salvar o sistema bancário.”

Outros pontos mencionados pelo bilionário foram empréstimos imobiliários e taxas de juros. No vídeo, é mostrado quanto as ações de alguns dos maiores bancos americanos já caíram em janeiro. As maiores perdas ficam para o NY Community Bank, que comprou o falido Signature no ano passado.

“O que o mercado está pirando agora é sobre o que eles tentaram resolver no ano passado”, comentou Hayes. “É um problema diferente, mas nós sabíamos que isso aconteceria, sempre soubemos que imóveis comerciais eram um problema, só que o mercado não estava focando nisso.”

“Você teve a quebra dos fundos de hedge do BNP em 2007, Bear Stearns no início de 2008, então o Lehman faliu e eles salvaram todos outros. Da última vez, foi o Silvergate, Silicon Valley Bank, Signature Bank, Credit Suisse, e salvaram todos os outros. Qual será dessa vez? NY Community Bank está ferrado, não há como eles sobreviverem, mas não serão salvos.”

“A questão é, quem é o próximo?”

Questionado sobre as falas de Jerome Powell sobre cortes nas taxas de juros dos EUA, Hayes afirmou que não se importa. No passado, o executivo afirmou que todos os cenários são ótimos para o Bitcoin já que o Fed está encurralado.

“Points”, a próxima narrativa do mercado de criptomoedas, segundo Hayes

Arthur Hayes não é apenas um grande fã de Bitcoin, mas também de outras criptomoedas. Um dos maiores exemplos foi quando comprou Solana (SOL) por apenas US$ 10, hoje seu preço está em US$ 104, uma alta de quase 1.000%.

Agora, o bilionário acredita que a próxima grande narrativa do mercado são os “points” (pontos, em tradução literal).

“Os ‘points’ são a nova onda. Os points serão “a coisa” desse ciclo. Eu amo isso. É tão genial.”

Explicando o que são esses “points”, Hayes explica que as pessoas ganham pontos por usarem protocolos de DeFi e que esses pontos não valem nada, mas podem dar direito a airdrops no futuro.

“A genialidade é que é uma pseudo-promessa. Não é um contrato dizendo “eu faço todas essas coisas, ganho pontos e então recebo um certo número de tokens e um airdrop”, é algo como: “talvêz você ganhe algo, talvez não”, mas continue fazendo o que está fazendo”, completou Hayes.

Por fim, Hayes também falou sobre liquid staking e re-staking, outras duas grandes narrativas atuais. Em relação aos “points”, o bilionário publicou uma longa postagem sobre o assunto em seu blog na última sexta-feira (9). Já sua conversa no canal Crypto Banter pode ser assistida na íntegra abaixo.

💰 $100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias