Processo contra AWS Mining e My Coin Deal é considerado improcedente por Juíz, entenda

Empresa prometia até 200% de lucro sobre os investimentos em mineração de bitcoin

Siga no
Imagem: Pixabay

Um investidor ingressou uma ação judicial contra a My Coin Deal. Ele exigiu a devolução de valores investidos na plataforma, bem como uma indenização por danos morais provocados contra si.

De acordo com ele, a empresa prometia até 200% de lucro sobre os investimentos que eram realizados nela. Assim, conforme o homem, o problema começou quando seus responsáveis ofereceram para ele um acordo de compra de seu contrato.

Ele aceitou a proposta e realizou a transação. No entanto, o cliente afirmou que a empresa cancelou o seu contrato que já tinha atingido 100% de lucro, juntamente com o de outros clientes na mesma situação.

A plataforma alegou que devolveria os valores investidos, mas não cumpriu com sua palavra. Assim sendo, o cliente pediu à justiça que seus responsáveis sejam condenados a restituir seu dinheiro, além de pagar uma indenização por danos morais.

Apesar desta situação, a acusação foi julgada como improcedente. Isso porque, de acordo com o juiz, não houve nenhuma documentação que comprovasse a veracidade na história relatada pelo cliente.

Foi verificado apenas que o homem fez negócios com a empresa de mineração de criptomoedas AWS, a qual ele julga fazer parte do mesmo grupo da My Coin Deal.

Entretanto, isto não diz respeito diretamente a plataforma. Desta forma, os sócios Fábio não sofrerão os rigores da lei.

Sobre a My Coin Deal

A My Coin Deal Intermediações e Serviços é uma empresa que em novembro do ano passado sofreu o bloqueio de suas contas bancárias em decisão judicial. Na época, havia a suspeita de que a plataforma, juntamente com o grupo AWS estava fraudando contratos de investidores.

Neste ano um novo julgamento foi realizado, onde a justiça negou o pedido de bloqueios de ativos especificamente da AWS.

Independentemente da situação atual, as duas empresas já foram acusadas de realizarem um esquema de pirâmide por milhares de outras pessoas. Desta forma, ambas seguem na mira da justiça, que tem analisado diversos casos semelhantes ao já relatado.

No portal Reclame Aqui, um dos maiores da internet, há diferentes relatos de clientes que alegam não conseguir ter acesso as suas contas após investir dinheiro na plataforma My Coin Deal.

A justiça continua acompanhando de perto os desdobramentos de casos envolvendo as duas empresas. Mesmo que o pedido do cliente da empresa tenha sido considerado improcedente, há fortes indícios, de acordo com outros processos, de que as companhias praticaram, de fato, um esquema de pirâmide.

Assim, a expectativa é de que as duas companhias acabem respondendo por diversas outras ações judiciais.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".
Leão. Imagem: Shutter Stock

Receita Federal dos EUA já apreendeu R$ 6,21 bilhões em criptomoedas em 2021

Assim como acontece aqui no Brasil, órgãos governamentais realizam leilões de objetos e bens apreendidos de irregularidades fiscais, processos de falência e muitos outros....
Moedas Monero movidas

Após prisão de desenvolvedor da Monero, milhares de moedas são movidas

Após a prisão do desenvolvedor da criptomoeda Monero, Riccardo Spagni (Fluffy Pony), os administradores do Fundo Geral da moeda moveram milhares de XMR para...
Jair Bolsonaro

Bolsonaro diz que 99% das pessoas não sabem o que é o Bitcoin

Jair Bolsonaro (Sem Partido) participou de uma entrevista com a Rádio 96 FM, do Rio Grande do Norte, onde falou que 99% dos brasileiros...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias