Banco Central reconhece bitcoin na balança comercial

Bitcoin na Câmara dos Deputados - Projeto de Lei
Bitcoin na Câmara dos Deputados

O Banco Central divulgou hoje (26/8) o balanço do mês de julho de 2019. Segundo a nota à imprensa, o Comitê de Estatísticas de Balanço de Pagamentos, órgão consultivo sobre metodologia das estatísticas do setor externo ao Departamento de Estatísticas do Fundo Monetário Internacional (FMI), “recomendou classificar a compra e venda de criptoativos como ativos não-financeiros produzidos, o que implica sua compilação na conta de bens do balanço de pagamentos”.

A recomendação foi formalizada no texto Treatment of Crypto Assets in Macroeconomic Statistics, pelo departamento de Estatística do FMI.

Ainda de acordo com a nota, “a atividade de mineração de criptomoedas, passa a ser tratada como um processo produtivo”. Por serem digitais, os criptoativos não têm registro aduaneiro, mas as compras e vendas por residentes no Brasil implicam a celebração de contratos de câmbio.

O Banco Central passa a incluir, nas estatísticas de exportação e importação de bens, as compras e vendas de criptoativos.

O Brasil tem sido importador líquido de criptoativos, o que tem contribuído para reduzir o superávit comercial na conta de bens do balanço de pagamento. As exportações e importações de bens do balanço de pagamentos têm como fonte principal de dados primários a Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia (ME/Secex).

Link da nota do Bacen: https://www.bcb.gov.br/estatisticas/estatisticassetorexterno

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Eveline de Assis
Jornalista, especialista em revisão de textos, entrando no mercado das criptomoedas!

Últimas notícias