Com inflação do Euro em seu maior nível, BCE manda poema nas redes sociais

“Isso tudo é uma piada para você?” questionou um investidor de Bitcoin. “Você se importa com as famílias e empresas familiares afetadas por suas políticas irresponsáveis?”

Enquanto o Euro está em seu maior nível de inflação da história, de 8,5% ao ano, o Banco Central Europeu (BCE) decidiu brincar com a situação, mas acabou irritando cidadãos da zona do euro.

Conforme o Dia dos Namorados acontece nesta terça-feira (14) na Europa e outros países, o BCE decidiu mandar um poema nas redes sociais, mas tocou em um assunto delicado, a inflação.

“Rosas são vermelhas
Violetas são azuis
Nós vamos manter o rumo
E reverter a inflação para 2”

Além de ter caído para baixo de 1 dólar no final do ano passado, a inflação do Euro segue em alta. Segundo dados, este é o período em que a moeda comum da União Europeia mais perdeu valor nas últimas décadas.

Enquanto Banco Central Europeu brinca nas redes sociais, inflação do Euro segue com níveis alarmantes. Fonte: Investing.

Cidadãos se irritam com BCE fazendo piada enquanto sua moeda desvaloriza

Enquanto diversas pessoas classificaram o poema como “cringe”, ou seja, vergonhoso, outros pegaram mais pesados, criticando a posição do BCE em um momento tão crítico da economia.

“Isso tudo é uma piada para você?” questionou um investidor de Bitcoin. “Você se importa com as famílias e empresas familiares afetadas por suas políticas irresponsáveis?”

Além de diversos emojis de palhaço, afirmando que estamos sendo governados por palhaços, algumas respostas questionaram quanto tempo levaria para o BCE conseguir trazer a inflação do euro de volta para 2% ao ano. Os mais vacinados, por assim dizer, recomendaram o Bitcoin como uma saída.

“Compre bitcoin ANTES de precisar dele”, escreveu um.

“Compre bitcoin e leve-os à falência”, escreveu outro.

“Quando um esquema Ponzi está prestes a ruir, mensagens como essa sempre saem do departamento de marketing”, acrescentou um italiano afetado pela desvalorização do euro.

Inflação dos EUA também não dá trégua e Bitcoin sobe

Assim como o euro, o dólar também está sofrendo com a inflação. Segundo dados publicados pelo governo americano nesta terça-feira (14), a inflação mensal de janeiro chegou a 0,5%, totalizando 6,4% nos últimos doze meses. Ou seja, algo bem distante da meta anual de 2% do Fed.

O Bitcoin chegou a recuar 1%, assim como outros investimentos, com a notícia. No entanto, disparou nas horas seguintes, voltando a ser negociado acima dos US$ 22.000 após uma valorização de 2,5%.

Portanto, ainda que bancos centrais tenham o aumento na taxa de juros como uma arma contra a inflação, esta não parece estar gerando resultados imediatos. Quanto ao médio prazo, podemos presenciar recessão ou mais inflação.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias